Singapura: visita ao Gardens by the Bay e Marina Bay Sands

Gardens by the Bay

Chegamos no hotel em Singapura de Grab (aplicativo tipo uber usado na Ásia) e já fomos para a rua!

Explorando Singapura tarde da noite, sem medo.

Só que era cerca de 21 horas. Nosso fuso horário estava completamente louco e a gente estava com zero sono (inclusive a Neném! E a regra é clara, se ela não dorme, ninguém dorme). Então fomos andando próximo ao hotel para procurar algum lugar pra jantar.

Rua cheia de bares próxima ao nosso hotel.
Rua Liang Seah St.
Jantando no restaurante Sumire Yakitori House em nossa primeira noite em Singapura.

Depois pegamos o metrô e ao sair da estação acessamos a região do Marina Bay Sands e do Gardens By the Bay por uma moderna ponte e ficamos imersos em uma área verde bem psicodélica.

O icônico prédio barco. Marina Bay Sands. Singapore

E logo de cara reconhecemos o cartão postal de Singapura. O complexo Gardens by the Bay faz parte de uma estratégia do governo para transformar o país de “cidade-jardim”.

SuperTree Grove: o Bosque das Árvores Gigantes

Parece cenário do filme Avatar.

São 18 árvores artificiais gigantes dentro do Gardens by the Bay, tendo a mais alta 50 metros de altura (praticamente um prédio de 16 andares).

A paisagem fica linda demais! E tudo isso vimos do lado de fora, pois já estava fechado porque era tarde. Acredito que para a experiência ser completa seja interessante visitar durante o dia também.

Região do Gardens By the Bay visto do Hotel Marina Bay Sands

Se a sua visita for como a nossa, no período das festividades de fim de ano, as luzes se moverão ao som das bonitas árvores natalinas, é um Show de luzes que, habitualmente, acontece as 20 e 21hrs e tem a Duração de 15min. Não há necessidade de compra de ingressos.

Pegamos também uma exposição de arte super legal por ali, e além disso esse complexo possui um maravilhoso jardim botânico e pontes suspensas. No jardim botânico foi montado locais com micro climas e plantas originárias de todos os continentes, além de uma cachoeira (que inclusive é a maior cascata indoor do mundo).

Exposição chamada Future Together

O acesso ao Gardens by the Bay é gratuito, mas para subir à passarela OCBC Skyway é cobrado um ingresso à parte, pago no local.

Lembrando que estávamos sob efeito de jetlag e já passava da meia-noite. Tarde da noite passeando por esse lindo jardim, aberto, gratuito, aproveitando a noite, e com total sensação de segurança. Foi demais!

Acesse e veja mais detalhes
https://m.gardensbythebay.com

Marina Bay Sands

Mesmo que você não se hospede nesse hotel você pode passear pelo shopping, conhecer o cassino, ou teatro, almoçar ou jantar nos restaurantes no alto do hotel.

Restaurante CÉ LA VI Singapore
Um hotel que também é shopping. Marina Bay Sands
Cassino no Marina Bay Sands
No cassino eu perdi e ganhei

Estávamos lá na época do réveillon e as festas que avançam madrugada a dentro podem ser desfrutadas por não-hóspedes. No entanto, crianças não são permitidas, então pudemos apenas almoçar por lá. Reservamos por email do Brasil.

Decoração preparada para a noite de Réveillon
Vista bonita do restaurante no alto do hotel Marina Bay Sands

Não se esqueça de contratar um seguro viagem!

Faça uma cotação sem compromisso neste link que já inclui o cupom ELIZABETHWERNECK que garante o desconto de 5% na compra do seu seguro viagem!

Acompanhe minhas viagens em tempo real pelo Instagram >>@elizabethwerneck

Se você gosta das dicas do blog, ajude na sua manutenção, reservando seus hotéis e pousadas pelos links daqui. Isso não aumenta em nada o valor da sua reserva e gera um pequeno percentual revertido para o blog 😉

🛏 Pesquisando por hotel? Dê uma olhadinha no Booking.com! Você não paga nada a mais pela reserva, pode alterar e cancelar quando quiser, e ainda consegue os melhores preços.

Ásia Singapura

1 comentário Deixe um comentário

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: