A impressão do país não será completa se durante a viagem você não experimentar a culinária nacional grega em estabelecimentos locais, principalmente quando se trata da Grécia. Os gregos adoram e, sobretudo, sabem cozinhar, transformando os pratos nacionais gregos numa obra de arte. Descubra o que comer na Grécia: melhores pratos gregos e comida grega:

Importante: Se você precisa comprar Euros ou Dólares para uma viagem ao exterior, você tem que conhecer a Wise!
Eu viajo muito e as melhores taxas de câmbio encontro sempre na Wise. Sem falar no cartão VISA deles que pode ser solicitado gratuitamente e utilizado no exterior debitando direto da sua conta Wise internacional sem tarifas ocultas nem IOF, com praticidade e segurança.
Entre para a Wise é gratuito.

Nas Ilhas Gregas você come muito frutos do mar. Comemos nesse restaurante durante um passeio de barco em Santorini, na ilha Thirasia. A seguir coloquei o passeio

Veja esse passeio incrível: Passeio de barco pela Caldeira de Santorini

Booking.com

Características da cozinha nacional Grega

Os pratos nacionais da cozinha grega distinguem-se por um jogo multifacetado de sabores e benefícios. Muitos nutricionistas recomendam seguir a dieta mediterrânea, baseada nos princípios da culinária grega, para normalizar o peso.

Os benefícios da cozinha nacional grega se devem a fatores simples, mas importantes:

  1. o uso de produtos saudáveis ​​- legumes frescos, ervas, queijos caseiros, frutos do mar, frutas;
  2. Os gregos não abusam do fast food;
  3. o produto tradicional mais popular é o azeite, que é adicionado a muitos pratos nacionais, seus benefícios são conhecidos há milhares de anos;
  4. pratos nacionais são temperados com suco de limão em vez de sal, frutas cítricas são adicionadas aos pratos principais (carne e peixe), marinadas, sobremesas;
  5. Os gregos frequentemente e muito consomem produtos lácteos – iogurte, leite de cabra, queijo feta e queijo.

A principal característica da cozinha nacional são os produtos naturais e de produtores locais, a maioria dos quais são cultivados e produzidos no país.

É interessante! A cozinha grega nacional é um certo modo de vida. Segundo as estatísticas, os gregos são menos propensos a sofrer de doenças cardíacas e oncológicas, obesidade. O primeiro livro sobre a cultura alimentar grega foi escrito em 330 aC.

Compre um livro de receitas na Amazon

Mezes:

Nos países árabes as mezes são pratos bem pequenos, servidos como entrada tanto em bares como em restaurantes. As mezes são pedidas junto de bebidas alcoólicas.

As mezes são bem variadas, como por exemplo, uma tábua de frios, com azeitonas, queijos, molhos, carnes etc..

Durante nossa visita a Grécia vimos as Mezes em restaurantes chamados mezedopoleíon, ou também tsipourádiko. Já ouvimos até ouzerí.

Nas mezes tem molhos, e um bom exemplo é o tzatziki. O tzatziki é um creme de iogurte bem temperado com muito pepino, alho e sal, o delicioso azeite grego e vinagre (suco de limão é uma boa alternativa).

Primeira refeição (Entrada)

O que comer na Grécia: melhores pratos gregos e comida grega

Sopas gregas

Na cozinha nacional grega, os primeiros pratos não são muito populares, como regra, as sopas de legumes são cozidas.

Mas ainda na Grécia você precisa experimentar sopas:

  • “Fasolada” – sopa tradicional de feijão;
  • “Fakes” é uma sopa de lentilha, que é complementada por peixe salgado, queijo (na maioria das vezes queijo), azeitonas e cebola roxa. Estas sopas são oferecidas em climas quentes.

No inverno, sopas mais ricas e satisfatórias aparecem no cardápio dos restaurantes:

  • “Avgolemono” – sopa com sêmola de arroz em caldo de galinha com ovo batido e sumo de limão;
  • Vrasto é uma sopa de carne nacional.

O que comer na Grécia: melhores pratos gregos e comida grega

Lanches gregos

Tradicionalmente, cada refeição começa com aperitivos que estimulam o apetite. Eles são servidos em pequenas tigelas. Lanches que os próprios gregos adoram e recomendam aos turistas para experimentar:

Dolmadacya (charutos gregos)

  • “Tzatziki” é um aperitivo e um molho feito de iogurte, pepinos frescos, azeite, alho e pimenta da Jamaica;
  • “Dolmadakya” – um análogo dos tradicionais charutos (rolos) de repolho e dolma, um aperitivo de arroz, carne picada, envolto em folhas de uva ou repolho;
  • “Kalamarakya” – frito em uma crosta de lula;
  • “Taramasalata” – um prato nacional de caviar de bacalhau defumado, azeitonas, ervas, limão e óleo vegetal;
  • “Tirokafteri” é um aperitivo tradicional de queijo macio e pimenta (variedades picantes).

O que comer na Grécia: melhores pratos gregos e comida grega

Saladas gregas

Na cozinha nacional da Grécia, existem dois tipos de saladas gregas:

Melizanosalata

  1. quente – com legumes assados;
  2. frio – com legumes frescos.

Entre as saladas quentes, as seguintes são populares.

  1. Brócolis é um prato tradicional de brócolis.
  2. “Pandzari” – salada de beterraba.
  3. “Melizanosalata” – uma mistura de berinjela assada, óleo vegetal, especiarias, limão e alho da Jamaica. Às vezes, iogurte, tomates são adicionados ao prato, temperados com cebolinha. Os nutricionistas chamam este prato de impecável em termos de princípios de nutrição adequada, e os gourmets consideram com razão essa combinação de produtos como ideal em sabor.

salada grega

A composição das saladas frias nacionais inclui legumes frescos, misturas de especiarias, queijos diversos, azeite e sumo de limão. Eles são tradicionalmente servidos com vinho ou vinagre de uva.

  • “Hortu” é um prato tradicional de dente-de-leão, o ingrediente principal é o radicchio.
  • “Horiatiki” ou salada rústica – em nossa área, o prato é mais conhecido como “salada grega”. A composição inclui tomates, pepinos, pimentões, cebolas, azeitonas, especiarias aromáticas e azeite, complementados com queijo feta. Você certamente estará interessado em experimentar a salada grega em sua terra natal.
  • “Lakhano” – uma salada de repolho branco, cenoura, raiz de aipo e folhas, algumas donas de casa complementam a salada com pimentão.

“Dacos”

De muitas maneiras, a culinária italiana influenciou a cultura alimentar do país. Essa influência se expressa no uso de produtos comuns na Itália, por exemplo, a rúcula. Em algumas regiões da Grécia , eles oferecem para experimentar uma salada de folhas de rúcula – Roca. Uma receita popular é tomate seco, rúcula, queijo parmigiano-reggiano.

Em Creta, eles adoram a tradicional salada Dakos feita com bolachas grandes e especiais, são um pouco encharcadas, os tomates são colocados por cima, picados em cubos pequenos, queijo Feta desintegrado. A mistura é temperada com azeite misturado com orégano. Às vezes, os biscoitos dakos são substituídos por pequenos biscoitos dakakya.

O que comer na Grécia: melhores pratos gregos e comida grega:

Pratos principais gregos

Pratos gregos tradicionais do grupo principal são preparados com carne, peixe e frutos do mar. Há muito por onde escolher e experimentar.

O que comer na Grécia: melhores pratos gregos e comida grega:

Pratos de carne

Brizoles

A cultura da cozinha grega nacional é baseada em uma regra fundamental – não há necessidade de complicar as coisas. Um bom prato, segundo os gregos, é preparado da forma mais rápida e fácil possível, e é por isso que eles preferem simplesmente assar a carne de qualquer maneira conveniente. Eles comem carnes diferentes, mas se você estiver viajando em áreas montanhosas, experimente carne de caça assada ou de javali. Pratos Tradicionais de Carne Grega:

  • “Brizoles” – carne suculenta e perfumada no osso;
  • “Kondosuvli” é um análogo do nosso churrasco tradicional;
  • “Paidakya” – costelas assadas tradicionais (na maioria das vezes cordeiro);
  • Gyros é um prato de pão achatado semelhante ao doner kebab ou shawarma, mas diferente porque sempre contém batatas fritas e um molho de iorgurte.
  • “Kokoretsi”. Os verdadeiros gourmets vão definitivamente querer experimentar este prato, porque parece apetitoso: os órgãos internos de um cordeiro embrulhados com intestinos e assados ​​no forno.
  • “Souvlaki” – espetos compactos ( o que mais comemos quando a gente viajou para a Grécia. Eu apelidei carinhosamente de espetinho grego);
“Souvlaki” -( o que mais comemos quando a gente viajou para a Grécia. Eu apelidei carinhosamente de espetinho grego);

O que comer na Grécia: melhores pratos gregos e comida grega:

O que comer na Grécia para admiradores da cozinha europeia?

“Bifteki”

“Bifteki” – costeletas picadas comuns de diferentes tamanhos, temperadas com ervas aromáticas, queijo e vários vegetais.

As tradições nacionais da cozinha grega são baseadas na cultura de muitos povos; por muitas décadas foram formadas sob a influência da gastronomia turca:

  • “Suzukakya” – costeletas tradicionais, fortemente temperadas com especiarias;
  • “Kebabs” – o prato é preparado com maestria nas regiões do norte, onde a diáspora turca se estabeleceu.

Comida grega e Pratos gregos nacionais que valem a pena experimentar na parte montanhosa do país

Em primeiro lugar, esta categoria inclui carne de caça caseira em panelas de barro com legumes. A variante mais comum do nome “Kleftiko”.

Delícias da cozinha grega nacional que você deve experimentar:

  • “Arnie Lemonato” cordeiro recheado em molho de limão
  • “Kuneli” – carne de coelho cozida com legumes;
  • “Arnie Lemonato” – cordeiro cozido sob uma marinada de limão;
  • “Kokonisto” – carne marinada com tomate;
  • Moussaka é um prato tradicional popular dos países Balcãs. É preparado a partir de berinjela, carne picada, tomate, batata, queijo, cebola, depois assado com molho Bechamel e queijo;
  • “Pastizio” – caçarola folhada de massa, carne picada, marinada branca tradicional.

A carne é servida com um acompanhamento – arroz, legumes.

Nota para o turista! Leia também: Top 12 países mais baratos para viajar em 2022, 2023 e 2024

O que comer na Grécia: melhores pratos gregos e comida grega:
Jantamos Moussaka em Imerovigli, Santorini

O que comer na Grécia: melhores pratos gregos e comida grega:

sobremesas

Os pratos doces tradicionais da cozinha grega são principalmente de herança turca. Dessa forma, a tradição de beber café feito os turcos também permaneceu do Império Otomano.

Descansando na costa mediterrânea, não deixe de se deliciar com sobremesas originais:

  1. “Lukumades” – bolas feitas de massa, temperadas com especiarias, polvilhadas com mel, polvilhadas com açúcar em pó; Chamdas também de Loucoumades”: Que é uma espécie de bolinhos de chuva gregos
  2. Saganaki: É um pedaço de queijo feta empanado com massa folhada, com mel e gergelim
  3. “Kurabiedes” – biscoitos feitos de massa quebrada e amêndoas;
  4. “Risogalo” – um pudim feito de arroz, frutas secas, nozes, temperado com canela;
  5. “Khalvas” – halva, que é preparado a partir de sêmola.
  6. “Baklava” – uma torta tradicional recheada com calda de frutas, nozes trituradas, sobremesa, geralmente feita de 33 camadas (símbolo da idade de Cristo);
O que comer na Grécia: melhores pratos gregos e comida grega:
Massa de Baklava recheada com sorvete.

Leia também: Conheça as Ilhas gregas do arquipélago Cíclades: onde ficar e praias

O que comer na Grécia: melhores pratos gregos e comida grega:

Molhos gregos

Se você está procurando pratos gregos imperdíveis durante a viagem, não deixe de conferir os molhos. Os gregos são bem versados ​​neles e os cozinham para quase todos os pratos. Características dos molhos gregos tradicionais:

  • apenas ingredientes naturais;
  • sem receitas complicadas;
  • benefício máximo.

O princípio principal do molho certo é que ele deve enfatizar delicadamente o sabor e o aroma do prato principal.

Os ingredientes do molho devem ser tão versáteis quanto possível e combinados com peixes, frutos do mar, carnes e legumes. Na maioria das vezes, no processo de cozimento, use:

  • Avgolêmono: é um saboroso molho grego, e turco também. É preparado de ovos e limão, mas pode ser também o nome duma sopa super popular baseada em caldo de galinha e engrossada com este molho. Um dos pratos gregos em que se usa o molho chama-se youvarlakia 
  • iogurte natural;
  • óleo vegetal (oliva);
  • suco de limão;
  • especial, alho grego.

O molho clássico é o Avgolemono. É servido com pratos principais e saladas, usados ​​em sopas. É preparado em apenas alguns minutos – uma mistura de ovos e suco de limão é diluída com caldo. As proporções são selecionadas individualmente, dependendo da densidade desejada do molho. A marinada confere ao prato principal uma ligeira acidez.

Culinária secreta! Não deixe a marinada ferver, pois a proteína irá coagular.

“Skortália” (molho de alho)

Para frutos do mar, uma marinada é preparada com mostarda, óleo vegetal, suco de limão e uma mistura de ervas secas. Em algumas regiões, o mel é adicionado a essa mistura, o que confere ao prato uma textura macia e uniforme. Para peixes e como molho de salada, um molho é preparado a partir de apenas dois componentes – suco de limão e azeite.

Os pratos principais são servidos com molho Skorthalia feito de alho de pimenta da Jamaica, amêndoas e óleo vegetal. Às vezes, migalhas de pão e batatas picadas são adicionadas ao molho. Isso faz um lanche saudável.

Culinária secreta! Para suavizar o sabor vigoroso do alho, ele é pré-cozido.

Molho original chamado “Fava”

Molho original chamado “Fava” – é feito de purê de feijão ou lentilha, temperado com azeite, suco de limão, iogurte natural e ervas (geralmente salsa).

O que comer na Grécia: melhores pratos gregos e comida grega:

Pratos de peixe

Cada turista, quando perguntado o que experimentar na Grécia a partir da comida, responderá inequivocamente – peixe e, claro, frutos do mar. Os gregos originários tratam os presentes do mar com respeito, porque o país está localizado na costa do mar.

Peixe grande assado na brasa ou grelhado, temperado com óleo vegetal e sumo de limão.

Peixe pequeno – linguado, salmão, sultanka são fritos. Além disso, bacalhau, arraia, peixe-espada, tubarão (pequeno, mediterrâneo) são fritos com mais frequência.

Certos peixes são usados ​​exclusivamente no processo de cozinhar sopa de peixe. O peixe é servido separadamente com óleo vegetal e marinada de limão, e o caldo é servido separadamente.

As variedades de peixes do lago – truta, esturjão ou salmão – são melhor experimentadas nas regiões centrais ou na Macedônia.

Importante! A abordagem tradicional para cozinhar é o frescor impecável dos produtos. O preço é determinado pelo local de produção – o peixe local é mais caro que o importado. O menu de peixe nos restaurantes é mais caro do que o menu de carne.

Frutos do mar são representados por uma seção separada no menu.

Pratos populares:

  1. lulas: assadas tradicionais – “Kalamaria Tiganita”, fritas com recheio de queijo – “Kalamarya Yemista me Tiri”;
  2. choco estufado com folhas de espinafre;
  3. camarão: frito ou ensopado em marinada de tomate e queijo;
  4. mexilhões tradicionais cozidos no vapor ou em uma marinada de tomate e queijo.
  5. polvos: assados ​​ou cozidos;
O que comer na Grécia: melhores pratos gregos e comida grega:
Polvo é muito consumido na Grécia, principalmente nas Ilhas Gregas

Informação útil! Deleite nacional da coroa na cozinha grega – lagosta com macarrão – “Macaronade me Astako”.

O que comer na Grécia: melhores pratos gregos e comida grega:
Comemos o carro-chefe da casa: macarrão com Lagosta. Nosso almoço foi na Ammoudi Bay

Especial atenção é dada aos donos dos mares, eles são usados ​​para preparar obras-primas culinárias que facilmente encantarão o gourmet mais exigente. Se quiser experimentar algo especial, confira o prato de camarão cozido em molho de tomate e condimentado com queijo feta, ou o prato de polvo em vinho doce e condimentado com especiarias.

O que comer na Grécia: melhores pratos gregos e comida grega:
De entrada pedimos um polvo grelhado

O que comer na Grécia: melhores pratos gregos e comida grega:

Queijo

O queijo grego merece menção especial. Mais de 60 variedades de queijo são produzidas no país, cada uma das quais é servida como lanche ou prato principal, usado para preparar outros pratos. Durante a sua estadia na Grécia, recomendamos experimentar os seguintes queijos:

  1. O “Feta” é um queijo branco, de consistência bastante densa, feito de leite de ovelha (raramente de cabra).
  2. “Graviera” é um queijo de sabor adocicado, textura firme, elaborado com leite de ovelha.
  3. “Manuri” – queijo de ovelha, tem uma textura macia e delicada, possui alto teor calórico.
  4. O “Kasseri” é um queijo elaborado a partir de uma mistura de leite de ovelha e de cabra, de cor branca com um ligeiro tom amarelado.
  5. “Kefalothiri” é um queijo salgado com sabor salgado e uma estrutura dura e porosa.

Azeite

Outro produto tradicional é o azeite. Aqui é vendido em todas as mercearias. Às vezes você pode experimentar um produto antes de comprar. O azeite é apresentado na sua forma pura ou com adição de especiarias, ervas aromáticas.

O que comer na Grécia: melhores pratos gregos e comida grega:
Compramos muito azeite para trazer de viagem. Compramos nas mercearias de Atenas, bem barato, e alguns no Free shop, para ver se tinha muita diferença.

O que comer na Grécia: melhores pratos gregos e comida grega:

Comida e bebida grega:

Bebidas nacionais

Ouzo

A bebida alcoólica grega mais famosa é o ouzo. Vale a pena tentar primeiro. Ouzo é preparado destilando álcool com a adição de anis, um buquê de especiarias (na maioria das vezes canela, noz-moscada e cravo). Existem muitos produtores da bebida na Grécia, portanto, a composição e a porcentagem de teor alcoólico são diferentes – de 20% a 40%.

Ouzo é usado com pratos de peixe e frutos do mar, servidos em copos altos e estreitos. Nas mercearias, a bebida é vendida em garrafas de diferentes tamanhos, o custo mínimo é de 3 euros.

Tsipuro e Raki

Tsipuro (tsipuro) e lagostim são bebidas alcoólicas com teor alcoólico de 37% a 47%, lembrando o luar. A principal diferença entre eles é a presença de anis – no tsipuro está presente, no raki não há tempero.

Tsipuro é servido gelado em um decantador com gargalo alto e estreito. A bebida é bebida em copos pequenos, em um gole. Como regra, os gregos mais velhos pedem Tsipuro, a geração mais jovem prefere outras bebidas. O custo de uma garrafa varia de 3 a 4 euros.

Rakomelo

Esta é uma bebida alcoólica, que inclui dois componentes – mel e lagostim (não os encontrados no rio, mas o descrito acima). Às vezes, canela e cravo são adicionados. A bebida é mais frequentemente preparada na estação fria, porque você precisa beber quente. Alguns gregos usam o rakomelo como remédio para resfriados.

Rakomelo pode ser comprado em qualquer supermercado, mas é melhor fazer uma bebida – compre lagostins e mel. O processo levará alguns minutos e o sabor é muito melhor do que o produto comprado na loja. Despeje o lagostim na cezve, aqueça, adicione mel a gosto, retire do fogo antes de ferver. A bebida está pronta, agora você pode experimentar!

O que comer na Grécia: melhores pratos gregos e comida grega:

mástique

Licor de fabricação grega, uma característica distintiva é a presença de aroeira – uma resina obtida de um arbusto perene. Mastic na Grécia é usado para cozinhar muitos pratos, em cosmetologia.

O licor é servido como aperitivo e após as refeições para uma melhor digestão. O sabor da aroeira é original e memorável – adocicado com um leve aroma frutado-conífero. O custo de uma garrafa é de cerca de 10 euros.

O que comer na Grécia: melhores pratos gregos e comida grega:

Café

A bebida mais popular na Grécia é o café. Parece que eles bebem constantemente – quente, frio, com e sem espuma, com leite ou creme, com a adição de várias especiarias. Se uma pessoa pedir chá em vez de café, os gregos definitivamente pensarão que ele tem problemas de saúde.

Se você quiser entender completamente o que são os pratos gregos nacionais, experimente-os não no hotel, mas em tavernas e restaurantes locais. Esta é a única maneira de experimentar o sabor da verdadeira Grécia.

Conclusão: Vale a pena experimentar os pratos gregos e as comidas gregas?

Com certeza sim. De todos os pratos recomendo a Moussaka, os espetinhos, o pyta Gyrus e os peixes e frutos do mar. Não deixe de comer iogurte grego, pois ele é delicioso, é super macio, parece sorvete. Esqueci de falar sobre alguma comida grega? Escreva nos comentários.

Assista a este vídeo sobre comida de rua na Grécia – deliciosa, satisfatória e barata.

Leia também: Aprenda a fazer Puchero, prato típico da Espanha!