Um cruzeiro marítimo é o sonho de viagem de muita gente. E, hoje em dia, tem se tornado cada vez mais uma realidade nas férias de muitas pessoas. Principalmente porque você consegue fazer a compra de um Cruzeiro Online no conforto da sua casa.

Importante: Se você precisa comprar Euros ou Dólares para uma viagem ao exterior, você tem que conhecer a Wise!
Eu viajo muito e as melhores taxas de câmbio encontro sempre na Wise. Sem falar no cartão VISA deles que pode ser solicitado gratuitamente e utilizado no exterior debitando direto da sua conta Wise internacional sem tarifas ocultas nem IOF, com praticidade e segurança.
Entre para a Wise é gratuito.

Alguns dias de descanso longe de tudo, com pacotes mais acessíveis por causa da opção all inclusive. Foi assim que o cruzeiro passou a fazer parte das escolhas para alguns dias de férias, em uma experiência totalmente diferente das outras viagens.
Mas será que vale a pena fazer um cruzeiro marítimo? Dentre os pontos favoráveis de uma viagem em um cruzeiro, podemos citar o fato de você encontrar tudo em um só lugar: hospedagem, gastronomia e opções de lazer.

Booking.com

Afinal de contas, os cruzeiros são hotéis de luxo no meio do mar.
Uma grande vantagem de optar pelo cruzeiro, é fazer um investimento único para desfrutar de todas as opções que escolher. Pois isso pode sair mais em conta do que comprar passagens, reservar hotéis e pagar por passeios, por exemplo.
Além disso, é possível passar por vários destinos em uma mesma viagem.
Mas se você pensa em aproveitar as vantagens de uma viagem em cruzeiro marítimo, com certeza, terá uma experiência única. Muita gente opta por fazer pela primeira vez um lindo Cruzeiro pela Europa e conhecer esse incrível continente pela primeira vez.
Para te ajudar a melhorar ainda mais essa experiência, separamos 5 dicas tops para você fazer um cruzeiro marítimo incrível. Confira!

Vale A Pena Fazer Um Cruzeiro Marítimo Veja 5 Dicas Tops

Acompanhe agora as 5 melhores dicas para fazer um cruzeiro marítimo:

1 – Leve remédios para enjoo e dor de cabeça

Se você não tem costume de passear de barco ou navio, pode acontecer de sentir um mal- estar, como enjoos e dor de cabeça.
Para evitar que esse tipo de problema te impeça de aproveitar a viagem, previna-se e leve remédios para enjoo e dor de cabeça.

Além disso, também é possível conseguir acesso a esses medicamentos na recepção do navio.

2 – O que não pode levar no cruzeiro

Apesar de não ter um limite específico de bagagem a recomendação, é que cada passageiro leve, no máximo, dois volumes com no máximo 20 kg cada.
É importante ter atenção, pois é proibido levar itens que emitam calor, como chapinha, ferro de passar, incenso.
Também não pode levar objetos pontiagudos como tesouras. Ademais, armas e drogas também são proibidas.
Alimentos e bebidas também não são permitidos na bagagem. A bagagem é toda inspecionada, inclusive com cães farejadores.

3 – O que levar na bagagem em um cruzeiro marítimo

A recomendação é levar roupas leves e confortáveis para o dia a dia, como shorts, bermudas e chinelos. Também leve roupa de banho para usar na piscina e saída de banho, para quando sair da área da piscina e entrar na parte interior do navio.
Confira as paradas que o navio fará, e o clima dos locais para escolher as roupas para os passeios fora do navio.
Também pode levar roupa de ginástica para se exercitar, e binóculo para aproveitar melhor a vista.

4 – Confira a programação oferecida pela companhia

A companhia que organiza o cruzeiro, disponibiliza uma programação específica com jantares e outros eventos.
Confira a programação para se preparar, inclusive levando os trajes exigidos para participar
dos jantares. Pois, em alguns casos, são necessários trajes de gala e em outros, traje esporte
fino. Quando eu fiz um Cruzeiro adorei o jantar com o comandante.

5 – Atente-se para a documentação para levar em cruzeiro marítimo

Fique atento para a documentação exigida na sua viagem. Se você for fazer um cruzeiro internacional fora da América do Sul, deverá ter passaporte dentro do prazo de validade. Caso o navio tenha parada em algum país que exige visto para brasileiros, você também tem que providenciar o visto com antecedência. Bem como as vacinas, caso o destino tenha essa exigência.

Agora, se o cruzeiro for nacional ou passar somente pela América do Sul, basta levar o original do RG, desde que seja recente, com até 10 anos de emissão, e esteja em bom estado de conservação.

Conclusão: Vale a pena fazer um Cruzeiro Marítimo?

Com certeza sim. Além de um programa incrível, o turismo de cruzeiros marítimos oferece uma excelente relação custo-benefício. Você paga apenas a viagem e não precisa se preocupar com outras despesas como passagens, hospedagem, comida, atividades a bordo, transporte, etc. Você já fez algum Cruzeiro Marítimo? Escreva nos comentários.

Leia também: Como Planejar Uma Viagem Internacional: 6 Itens Essenciais