Oi gente, em nossa última viagem a Paris em Abril compramos um celular novo com sistema Android e nesse texto vamos contar tudinho como configuramos meu novo dispositivo / aparelho / smartphone, não perca! Veja aqui como configurar seu novo aparelho Android e IOs. Descubra aqui os mistérios do Ok Google! Configurar meu dispositivo.

Importante: Se você precisa comprar Euros ou Dólares para uma viagem ao exterior, você tem que conhecer a Wise!
Eu viajo muito e as melhores taxas de câmbio encontro sempre na Wise. Sem falar no cartão VISA deles que pode ser solicitado gratuitamente e utilizado no exterior debitando direto da sua conta Wise internacional sem tarifas ocultas nem IOF, com praticidade e segurança.
Entre para a Wise é gratuito.

Você é do time: Ok google! Configurar meu aparelho dispositivo celular!
Você é do time: Ok google! Configurar meu dispositivo!

Existem pessoas que, ao comprarem um novo dispositivo celular, ficam em dúvida na hora de configurá-lo. Contudo, fazer a configuração desses aparelhos não é tão complicado assim. Aliás, esse processo é bem mais simples do que parece. Ao longo deste texto, você verá como configurar seu novo smartphone.

Booking.com

Aparelho Android

Você sabia que o sistema Android é um sistema operacional para dispositivos celulares e smartphones mais famoso e popular do mundo? Isso porque ele é considerado mais fácil e versátil, e se você comprou um novo dispositivo celular smartphone de tecnologia Android, parabéns! Saiba que comprou um aparelho com um sistema super intuitivo, um dos melhores do mercado.

Suponhamos que você quer tirar o dispositivo celular novo da caixa e já sair usando ele e falando com a família, com os amigos e tirando fotos para postar nas redes sociais, com lindas frases, não é mesmo?

Lembre-se que antes disso, é fundamental configurar seu aparelho e dispositivo primeiro. Esse artigo é um passo a passo para pessoas leigas e iniciantes, e por isso você saberá tudo, através de um passo-a-passo super didático sobre como configurar seu novo smartphone Android. Se deu certo com o meu que foi comprado no exterior, o seu vai dar certo também!

Interessante destacar que mesmo os dispositivos celulares sendo diferente, pois cada marca e fabricante disponibiliza aos seus usuários e clientes detalhes que os diferenciam da concorrência, de modo geral, os dispositivos Android são configurados e funcionam basicamente da mesma forma. Bom, né?! Ou seja, configurar um dispositivo celular da marca Samsung, Motorola, Xiomi, e um da marca Google é basicamente a mesma coisa, pois todos são sistema Android.

A seguir, veja como configurar seu novo aparelho Android:

Configurar meu aparelho dispositivo celular!

1. Selecione um idioma no seu dispositivo

  1. Após ligar o aparelho, será mostrada uma tela de boas-vindas. Nessa tela, será solicitado o idioma do dispositivo. Escolha o que for melhor para você e clique em “Próximo”, ou no botão que aparecer na tela;

2. Insira o cartão SIM e digite seu PIN

  1. Uma coisa que pode ser feita, antes ou depois destes passos, é inserir o chip da operadora. Após fazer isso, a configuração se tornará automática; Caso seu chip não funcione devido a algum tipo de bloqueio, aprenda a utilizar o PIN. A partir desse recurso, será possível ativar o seu chip;

3. Selecione uma rede Wi-Fi

Após o passo anterior, escolha a sua conexão Wi-Fi e insira a senha dele. Em seguida, espere o dispositivo celular finalizar a configuração do Wi-Fi e clique em “Próximo” ou no botão que aparecer na tela;

4. Mais passos para configurar seu aparelho

Provavelmente, todos os passos que serão feitos de agora em diante serão opcionais. Ou seja, é possível pular as próximas etapas e simplesmente acessar o seu smartphone.

Contudo, o fato de poder pular esses passos não quer dizer que, automaticamente, seu aparelho estará configurado. Existem algumas ferramentas que, apesar de opcionais, podem ser muito úteis para você.

5. Fazer a importação de seus dados – Tem outro dispositivo?

Por exemplo, fazer a importação de seus dados pode ser realmente necessário. Em alguns casos, essa opção pode ser mostrada como “restaurar dados de outro dispositivo”. Para fazer isso, basta acessar os dados dos fabricantes de seu aparelho.

Ok Google! Configurar meu Aparelho Android

Ok google! Configurar meu aparelho Android
Ok google! Configurar meu dispositivo!

6. Se preferir, você pode inserir sua conta do Gmail no smartphone (opcional).

Geralmente, essas contas costumam ter muitas coisas vinculadas. Por isso, o processo de restauração é realmente simples. Após inserir a conta de e-mail e finalizar o processo, basta aguardar algumas horas ou até algum dia. Depois disso, todos os dados, (contatos, compromissos de calendários, etc) estarão restaurados.

Configurar meu aparelho dispositivo celular!
Ok google! Configurar meu dispositivo!

Uma coisa fundamental atualmente é fazer login em uma conta em seu smartphone. Isso te dará a oportunidade de usar os aplicativos e todos serviços do Google, como o Gmail ou a Play Store.

Muitas pessoas já possuem uma conta do Google, e caso você tenha, vale a pena inserir isso agora. Logo em seguida, não deixe de aceitar todos os Termos tanto de Serviço quanto de Política de Privacidade do Google. Não deixe de ler, e aí clique em “Aceitar”.

Conta do Google

Se você ainda é do time que não tem uma conta do Google, porém gostaria de fazer uma, não deixe para depois. Basta seguir todos os passos, escolher um nome de usuário e aí criar uma senha super segura. Realmente você não necessariamente precisa ter uma Conta Google para configurar e sair usando o seu aparelho novo, mas, de fato, necessita de uma conta Google para acessar as suas funções como instalar aplicativos que ficam na Play Store. Dessa forma, para curtir ao máximo seu novo aparelho/telefone (muitos preferem chamar de smartphone) Android, você precisa ter uma conta do Google, combinado?

Importante destacar que algumas marcas que fazem aparelhos smartfones, como por exemplo a Samsung, perguntam para você, na hora que vai registrar se você quer ter e criar uma outra conta extra. Acho que vale a pena se você tiver interesse em ter direito a outros serviços extras desse fabricante. Lembre-se que esses serviços especiais disponíveis podem ser bastante úteis se por acaso você perder o aparelho, ou for furtado, ou simplesmente se quiser usar todos os recursos exclusivos dos aparelhos e dispositivos do produtor do telefone. Mas claro, se você não quiser nada disso, você tem direito de pular esse passo.

Backup é sempre importante:

Se for necessário transferir todos os backups antigos de seu antigo telefone, ele vai solicitar que você inicie o Google app em seu aparelho telefone antigo e aí perguntar ao Assistente virtual “Ok Google, configure meu dispositivo”. Você ainda pode ir em:

Configurações > Google > Configurar dispositivo próximo. Aí também dá pra fazer login com a sua Conta do Google com o intuito de fazer um backup da nuvem, que será praticamente o próximo passo.

Ah, a Google nesse momento também vai indagar quais serviços você quer ativar. Lembre-se de ativar o backup do seu dispositivo e aparelho. Isso é mega recomendado, pois caso aconteça algo sério com o seu telefone e dispositivo você salva as informações. Já os outros serviços você até pode analisar se quer ativar caso a caso. Como foi dito anteriormente, nenhum desse serviços é super essencial e o melhor de tudo é que podem ser ativados e desativados a qualquer tempo.

7. Segurança do smartphone

Além dos dados restaurados, outro ponto importante para a configuração do dispositivo celular é a segurança. Ao iniciar a configuração de seu aparelho, digite uma senha ou algum padrão que garanta a segurança de seus dados. Basicamente, tudo que foi citado até aqui representa a configuração de um smartphone Android. Nos próximos parágrafos, você aprenderá a configurar um dispositivo da Apple.

Configurar meu aparelho dispositivo celular!

8. Notificações

Configurar meu aparelho dispositivo celular!

Aqui, você consegue configurar a forma que seu aparelho/ dispositivo exibe todas as notificações com a tela bloqueada. Aí você consegue escolher entre três opções:

  1. Ou mostrar os conteúdos de notificação de modo geral:  isso quer dizer que, quando o aparelho/dispositivo estiver bloqueado e você receber alguma mensagem, todas as mensagens recebidas serão exibidas nessa tela de bloqueio. Inclusive nessa tela de bloqueio eu tenho uma foto de perfil feminino linda.
  2. Você pode também ocultar algumas notificações de conteúdo. Isso significa que o aparelho/dispositivo mostrará apenas algumas notificações. Além disso, o conteúdo da mensagem em si não aparece, e sim apenas, uma notificação que você recebeu alguma mensagem. Nessa modalidade o conteúdo da mensagem não estará visível.
  3. E a última é não mostrar notificações nenhuma! Nessa modalidade de configuração você definitivamente não quer nenhuma notificação nessa tela de bloqueio. Lembrando que elas poderão ser acessadas quando o aparelho/dispositivo for desbloqueado.

Para mais informações, veja o site do Google clicando no site dele

Ao configurar o aparelho

9. Configuração do Google Assistente

Ao configurar seu smartphone, você verá uma sugestão para utilizar o assistente do Google. Ao lidar com esse programa, será pedido que você repita diversas frases para o reconhecimento de sua voz. Se você já configurou a sua correspondência de voz em outro dispositivo, é importante que faça o mesmo em seu novo aparelho.

10. Login em outros serviços do aparelho

Muitos smartphones já vêm com alguns softwares pré-instalados, como os serviços de armazenamento em nuvem, tipo Dropbox, OneDrive ou Google Drive. Além de tudo isso, alguns aparelhos também possuem o app do Microsoft Office ou do Facebook.

Se você já se cadastrou em algum destes serviços, talvez seja preciso fazer login em alguns deles. Contudo, isso pode ser feito posteriormente e não durante a configuração de seu aparelho.

Ao configurar o aparelho

11. Coloque seu cartão micro SD (caso tenha algum)

Caso seu smartphone tenha um slot para um cartão de memória (micro SD), uma boa ideia é inserir o objeto. Ao fazer isso, você terá um espaço extra em seu dispositivo, o que permitirá que você armazene mais arquivos. Se você não costuma utilizar o cartão micro SD, é interessante comprar um. Dessa forma, você poupará espaço no armazenamento interno de seu aparelho.

Assim que você configurar o seu smartphone, a compra de um cartão de memória será muito útil. Afinal, quando você baixar seus apps ou vê-los passar por atualizações, será importante ter um espaço extra. Normalmente, atualizações de softwares tendem a pegar muito espaço do aparelho.

Com isso, tirar fotos ou gravar vídeos fica bem complicado, pois não haverá espaço no aparelho. Nessa hora, o micro SD se torna muito importante, pois ele gera um espaço que seu smartphone não possui. Além disso, alguns aparelhos permitem a transferência de aplicativos da memória interna para o micro SD. Dessa forma, se torna possível economizar espaço no smartphone e deixá-lo mais rápido.

12. Instale as atualizações do aparelho

Ao ativar o smartphone pela primeira vez, é provável que ele não esteja em sua versão mais recente. Por exemplo, você pode ter comprado um Android 8 (Oreo), porém, devido as configurações de fábrica, talvez o aparelho ainda esteja na versão Nougat (Android 7). Nesse caso, será preciso fazer uma atualização do aparelho após concluir a configuração.

Para saber se existe alguma atualização disponível, é necessário acessar as configurações de seu aparelho. Nesse caso, será preciso acessar as notificações e entrar no ícone das configurações. Normalmente, esse ícone é similar a uma roda dentada ou a um conjunto de ferramentas.

Após entrar nesse menu, procure a guia “Atualização do Sistema” ou a guia “Sobre o telefone”, que costumam ficar na parte inferior do menu de configurações. Ao encontrar uma dessas opções, toque nela. Após esse toque, você verá uma frase similar a “Verificar atualizações de software”.

Vale lembrar que, o download das atualizações pode demorar muito para ser finalizado. O mesmo pode ser dito sobre a instalação desses softwares. Devido a essa demora, seu aparelho pode ficar sem bateria. Ademais, vários MB de seus dados móveis podem ser gastos durante a instalação. Por isso, verifique se o celular possui, ao menos, 50% de bateria e se está conectado a alguma rede Wi-Fi.

Ao fazer a atualização do aparelho, sempre opte pela versão mais recente do sistema. Assim, seu aparelho terá mais segurança e funcionalidade, além da bateria funcionar melhor.

Ao configurar o aparelho

13. Escolha um papel de parede do seu agrado

Caso não goste da imagem de plano de fundo que está em seu dispositivo, você pode trocá-la. Aliás, todo smartphone oferece diversas opções para seus usuários. O modo de trocar as imagens varia de um fabricante para o outro, contudo, normalmente existe alguma opção chamada “Display” ou “Wallpaper” no menu de configurações.

Em muitos casos, se você pressionar qualquer parte da tela inicial por alguns segundos, será mostrada uma janela. Nesse espaço, será possível escolher um novo papel de parede. Caso nenhuma opção seja interessante para você, é possível baixar algum plano de fundo na web, pois existem vários deles na internet.

14. Mude o toque do seu aparelho (opcional)

Outro ponto que você pode alterar é a configuração de som do seu smartphone. Caso o toque padrão não seja do seu agrado, você pode vasculhar o seu aparelho e ver outros toques. Após fazer a sua escolha, ajuste o volume do alarme para um nível que seja útil para você.

Aliás, caso você não queira que seu celular toque em público, você pode ajustar as configurações e deixá-lo no modo “vibrar”. Assim, não será preciso desligar o celular às pressas porque ele tocou em algum local inapropriado. Além da opção de vibrar, também é possível deixar o celular no modo silencioso. Dessa forma, ele não emitirá som algum quando alguém ligar.

Como configurar Aparelho da Apple

Nos aparelhos da Apple, o modo de configurar é um pouco diferente dos aparelhos Android. A seguir, veja como isso funciona:

  1. Logo nas telas de boas-vindas, será preciso escolher o idioma de seu dispositivo;
  1. Após o passo anterior, a tela de início rápido vai aparecer. Nessa tela, será possível restaurar coisas suas que estavam em outros aparelhos. Ao fazer isso, será possível pular algumas etapas desse passo a passo. Contudo, se este é o seu primeiro aparelho da Apple, será preciso seguir o próximo passo;
  1. Defina a rede Wi-Fi que será utilizada e, após fazer isso, digite a senha. Em seguida, toque em “Continuar”;
  1. Logo depois, você entrará na seção de Face ID. Caso queira, você pode pular essa parte, contudo, isso não é recomendado. O ideal é registrar uma senha e colocar alguma coisa para proteger os seus dados;
  1. Na próxima tela, será possível restaurar aplicativos e também restaurar os dados deles. Se preferir, você pode pular essa parte;
  1. A próxima tela é a do ID Apple, onde é obrigatório informar seus dados. Caso não tenha essa opção em seu aparelho, entre neste link e crie seu ID;
  1. As telas seguintes possuem itens básicos como a Siri e a opção de ativar ou não as atualizações do iPhone;
  1. Por fim, ainda existe a última etapa, que pode ser pulada ou não. Nessa fase, você pode ativar o recurso de monitoramento de utilização. Mas, como foi dito anteriormente, isso é apenas opcional.

No caso dos dispositivos da Apple, os passos de configuração são um pouco mais extensos que nos aparelhos Android. Contudo, ambos os aparelhos possuem algumas coisas muito importantes e outras nem tanto assim. Portanto, na hora de configurar o seu dispositivo, procure seguir os passos da forma correta. Dessa forma, sua configuração será feita da melhor maneira possível.