É algo que todo amante de viagens sonhou pelo menos uma vez: dar um passo a mais na vida, cancelar a passagem de volta para casa e se tornar um nômade digital. E graças ao amplo acesso a Wi-Fi gratuito e espaços de coworking abertos em lugares e cidades de todo o mundo, nunca houve um momento melhor para se juntar ao movimento nômade digital e explorar as melhores cidades, lugares e destinos para nômades digitais. Acompanhe o texto e veja as melhores 10 cidades para um nômade digital morar.

Importante: Se você precisa comprar Euros ou Dólares para uma viagem ao exterior, você tem que conhecer a Wise!
Eu viajo muito e as melhores taxas de câmbio encontro sempre na Wise. Sem falar no cartão VISA deles que pode ser solicitado gratuitamente e utilizado no exterior debitando direto da sua conta Wise internacional sem tarifas ocultas nem IOF, com praticidade e segurança.
Entre para a Wise é gratuito.

Leia também: Melhores frases de viagem para Instagram: casal, praia, sozinha

Melhores cidades, lugares e destinos para ser um nômade digital
Será que sendo Nômade digital a gente consegue cantar essa música: Meu escritório é na praia e tô sempre na área…

Mas como você decide para onde ir quando pode trabalhar remotamente de qualquer lugar do mundo? Para resumir e para ajudá-lo a decidir onde reservar sua passagem só de ida, aqui estão as 10 melhores cidades e lugares para nômades digitais do mundo.

Como escolher as melhores lugares, cidades e destinos dos nômades digitais

É preciso ter em mente que nem todas as cidades são organizadas iguais quando se trata de ser “amistosa para o nômade” (em inglês é nomad friendliness). Para a cidade ser considerada uma das melhores cidades e destinos para nômades digitais, cada lugar deve se destacar em algumas peças-chave, são elas:

  1. Conexão de internet de qualidade
  2. Custo de vida relativamente baixo
  3. Ampla disponibilidade de espaços de coworking e cafés compatíveis com laptop
  4. Coisas divertidas e interessantes para fazer na região.
  5. Relativamente segura e menos violenta (para nós brasileiros se preocupar com isso é muito importante;)

Obviamente, há vários outros fatores a serem considerados ao selecionar um destino, vida noturna, clima, saúde e facilidade de caminhada ou bom transporte público. Para ter uma ideia melhor dessas coisas, sugerimos a leitura aprofundada de posts de outros nômades digitais.

Então, com esses fatores em mente, aqui estão nossas escolhas para as melhores cidades para nômades digitais.

Afinal, quais são os melhores países, lugares, destinos e cidades para nômades digitais?

1. Chiang Mai, Tailândia

Esta cidade do norte da Tailândia está em todas as listas de melhores cidades para nômades digitais. É a queridinha no mundo dos nômades digitais. Esse destino definitivamente lidera todas listas das melhores cidades e destinos nômades digitais e por ótimas razões. Chiang Mai, no norte da Tailândia possui tudo, desde selvas exuberantes, templos de tirar o fôlego, gastronomia deliciosa, espaços modernos de coworking e mercados noturnos coloridos e alegres. Acrescente o baixo custo de vida da Tailândia e não é de admirar que Chiang Mai seja um dos melhores destinos para ser um nômade digital.

  1. Custo de vida aproximadamente: $ 940 por mês
  2. Velocidade da Internet: 24Mbps
  3. Melhores espaços de coworking: Pun Space, MANA
  4. Vantagens em se morar aqui : fácil de se locomover, muitos lugares para trabalhar no computador, deliciosa comida tailandesa, etc..

Uma desvantagem para você analisar: Qualidade do ar extremamente ruim durante a temporada de queimadas.

2. Bali, Indonésia

Bali é um destino de férias há muito tempo cobiçado, eu mesmo sempre fico querendo ir pra Bali nas minhas férias. Mas nos últimos anos a Ilha do amor se tornou um destino para nômades digitais perfeito. Como Chiang Mai, na Tailândia, Bali está em todas as listas de melhores lugares para se tornar nômade digital. E aqui escolha sua melhor cidade de Bali para morar e trabalhar remotamente: Kuta, Canggu, Seminyak e Ubud são as principais cidades da ilha. Escolha a sua e seja feliz.

Bali tem várias cidades para surfar e tem muitas pessoas expatriadas. O enorme aumento na popularidade trouxe apra todas essas cidades lugares instagramáveis, cafés em estilo australiano, espaços de coworking incríveis e uma comunidade nômade digital vasta e muito ativa. Isso significa que não faltam eventos de networking, workshops gratuitos e cafés com muitos pontos de internet. Além disso, quando você não está trabalhando, ainda é um ótimo lugar para estar, pois conta com muitas atrações.

  1. Custo de vida: $ 1.250 por mês
  2. Velocidade da Internet: 19Mbps
  3. Melhores espaços de coworking: Tropical Nomad, OutPost, Dojo
  4. Vantagens em se morar aqui: cafés incríveis, fácil de fazer amigos, praias gostosas

Desvantagem em ser nômade digital em Bali: Tráfego, acessibilidade para cadeiras de rodas ruim, poluição nas praias

Ubud, Bali, Indonésia

Embora a poucos km de Canggu, Ubud tem uma vibração única. Aqui, você encontrará todos os luxos esperados de qualquer uma das melhores cidades para nômades digitais – espaços de coworking, excelentes cafés, muitas pessoas nômades – com uma sensação mais descontraída. Se você gosta de selvas e ioga em vez de praias e surf, Ubud, que não tem praia é o lugar para você. Apenas certifique-se de ter espaço para um tapete de ioga em sua lista de embalagem de nômades digitais.

  1. Custo de vida: $ 1.100 por mês
  2. Velocidade da Internet: 19Mbps
  3. Melhores espaços de coworking em Ubud: HUBUD, OutPost
  4. Vantagens em se morar aqui: estúdios de ioga de padrão mundial, menos lotados que Canggu, cachoeiras incríveis nas proximidades, campos de arroz.

Desvantagem: o wifi pode ser irregular fora dos espaços de coworking, longe da praia, falta de vida noturna.

Leia também: Você sabia que a Indonésia é um dos países onde o real é mais valorizado?

Melhores destinos para nômades digitais no mundo: Veja 9 cidades
Foto de Jeremy Bishop no Unsplash

3. Teresópolis, Brasil

Se você gosta de clima de montanha e odeia passar calor, Teresópolis é a melhor opção para ser nômade digital. A cidade está bem perto do Rio de Janeiro e isso é ótimo caso você queira pegar uma praia, sem abrir mão do clima agradável de montanha.

custo de vida em Teresópolis é considerado um dos menores de toda a região serrana do RJ. Além disso é muito menor se comparado ao Rio de Janeiro

A região também conta com bonitas cachoeiras, natureza exuberante na região, trilhas e parques lindos.

  1. Custo de vida: $ 500 por mês
  2. Velocidade da Internet: 150 Mbps
  3. Melhores espaços de coworking: inSite Coworking Teresópolis
  4. Vantagens em se morar aqui: segurança urbana, bom custo de vida, boa qualidade de vida, várias opções de turismo e lazer, etc.

Desvantagem: nas chuvas fortes do verão podem ocorrer deslizamentos.

4. Medellín, Colômbia

Outra cidade que encabeça todas as listas de melhor cidade para se morar na Colômbia. É também considerada uma das melhores cidades para nômades digitais. Com os dias sombrios de violência generalizada e Pablo Escobar para trás, a cidade investiu pesadamente em sua tecnologia e infraestrutura. Novos espaços de coworking parecem estar surgindo mensalmente, a cidade é altamente acessível como algumas das melhores cidades do Sudeste Asiático para nômades digitais, e há muitas caminhadas pela natureza nas colinas circundantes para seus dias de folga.

  1. Custo de vida: $ 900 por mês
  2. Velocidade da Internet: 17 Mbps
  3. Melhores espaços de coworking: Co-Work Latam-POBLADO, Regus – Medellin, San Fernando Plaza e WeWork Espacios de Oficinas Amobladas.
  4. Vantagens em se morar aqui: ótimo para os nômades digitais que curtem natureza, fazer amizades com outros nômades digitais, clima de montanha e primavera

Desvantagem potencial: como é um país da América Latina, os padrões de segurança para cidade grande é muito diferente de cidades da Europa e Estados Unidos.

5. Lisboa, Portugal, Europa

Este pode ser o destino mais caro da nossa lista das melhores cidades para nômades digitais, mas isso não significa que não haja uma tremenda vantagem de se moar em Lisboa. O custo de vida aqui ainda é relativamente baixo se comparado a Londres e Paris e a infraestrutura é bem moderna. Graças ao clima agradável, uma grande comunidade de expatriados e comida incrível, Lisboa viu um grande aumento de nômades digitais migrando para a cidade nos últimos anos.

Lisboa é um local especialmente atraente para os europeus que trabalham remotamente graças ao seu estatuto de membro da UE.

  1. Custo de vida: $ 1.808 por mês
  2. Velocidade da Internet: 35Mbps
  3. Melhores espaços de coworking: Lisboa Biz – Centro de Escritórios, Places – Espaço de Coworking, Second Home , Avila Spaces – Av. da Republica, Rocket Hub , Cowork Central
  4. Vantagens em se morar e trabalhar aqui: muito fácil de andar, seguro, muitas coisas para fazer quando você não está trabalhando

Desvantagem potencial: muitos cafés não são amigáveis ​​aos trabalhadores remotos e fecham cedo

6. Bangkok, Tailândia

Como Chiang Mai geralmente ocupa o primeiro lugar ao discutir as melhores cidades para nômades digitais, Bangkok às vezes é esquecida. Mas se você está procurando o pacote total de nômades digitais, Bangkok é difícil de superar. O custo de vida, embora mais caro que Chiang Mai, ainda é muito acessível. A cidade está repleta de espaços de coworking, shoppings enormes com ar condicionado, comida de rua barata e um sistema de transporte moderno. E se você quiser se deliciar com um bom jantar ou um coquetel em um Skybar depois de assinar com esse novo cliente, Bangkok é o lugar perfeito para fazer isso.

  1. Custo de vida: 900 por mês
  2. Velocidade da Internet: 27Mbps
  3. Melhores espaços de coworking: WeWork , Hubba , Spaces
  4. Vantagens de se morar aqui: ótima vida noturna, deliciosa comida tailandesa, grande comunidade de expatriados, fácil de encontrar confortos em casa

Desvantagem: a qualidade do ar é uma preocupação, a cidade pode ficar muito quente, o tamanho da cidade pode fazer com que as coisas pareçam espalhadas às vezes

Melhores cidades, lugares e destinos para nômades digitais

7. Ho Chi Minh, Vietnã

Embora o Vietnã e a Tailândia tenham uma vibração distintamente diferente, Saigon, como os locais a chamam, pode ser mais comparada a Bangkok. Como principal centro financeiro do Vietnã, Saigon tem uma sensação muito mais moderna do que outras partes do país. O Vietnã como um todo é um lugar de muito baixo custo para se viver, tornando a cidade de Ho Chi Minh uma das melhores cidades para nômades digitais que estão apenas começando sua jornada. Há muitos espaços de coworking em toda a cidade, uma comunidade sólida de nômades digitais e restaurantes baratos e deliciosos. Além disso, o Vietnã aprecia muito o café, então você nunca estará longe de um café.

  1. Custo de vida: $ 900 por mês
  2. Velocidade da Internet: 18Mbps
  3. Melhores espaços de coworking: Dreamplex , Spiced
  4. Vantagens de se morar aqui: comida de rua deliciosa e barata, custo de vida acessível com comodidades de cidade grande, vida noturna sólida
  5. Desvantagem Potencial: A cidade pode ser bastante barulhenta e até caótica às vezes, os meses quentes são extremamente quentes.

Melhores cidades lugares e destinos para nômades digitais

8. Buenos Aires, Argentina

Buenos Aires é uma das melhores cidades para nômades digitais que desejam trocar as praias do Sudeste Asiático em favor do brilho latino-americano. Oferecendo uma mistura de influência europeia, norte-americana e latino-americana, a cidade é rica em cultura. Além de muitos espaços para se conectar e trabalhar, Buenos Aires também oferece muitas coisas para fazer quando você não está trabalhando em seu negócio.

Você pode aprender a dançar tango, aproveitar a vida noturna vibrante, assistir a uma partida de futebol ou aproveitar o clima incrível em um dos muitos parques da cidade. 

  1. Custo de Vida: $ 950 por mês’
  2. Velocidade da Internet: 19 Mbps
  3. Melhores espaços de coworking: Huerta , Manawa , Estação Urbana
  4. Vantagens em se morar aqui : comida incrível, ótima caminhada, vida noturna vibrante 
  1. Desvantagem Potencial: A segurança pode ser uma preocupação em algumas áreas.
Melhores cidades lugares e destinos para nômades digitais: Buenos Aires, Argentina
Melhores cidades lugares e destinos para nômades digitais: Buenos Aires, Argentina

Melhores cidades, lugares e destinos para nômades digitais

9. Budapeste, Hungria

Budapeste, como Belgrado, tem toda a beleza, história e charme que você esperaria de uma cidade europeia sem o alto preço.

Você terá muito o que explorar aqui, pois o rio Danúbio divide a cidade em duas, tanto física quanto culturalmente. De um lado fica a parte montanhosa e histórica da cidade. Do outro, você encontrará o lado moderno de Budapeste. Se uma cena gastronômica e de vida noturna florescente não o convencer de que Budapeste é uma das melhores cidades para nômades digitais, talvez os banhos termais o façam. Budapeste mais do que faz jus à sua reputação como ‘A Cidade dos Banhos’, oferecendo mais de 120 fontes termais na cidade para relaxar quando você fechar seu laptop.

Essa região da Europa é muito incrível e vale muito a pena conhecer.

  1. Custo de vida: $ 1.460 por mês
  2. Velocidade da Internet: 40Mbps
  3. Melhores espaços de coworking: Kaptar , Loffice , Impact Hub
  4. Ótimo negócio: spas relaxantes e muito caminháveis ​​para relaxar no seu dia de folga, vida noturna dinâmica e cena gastronômica
  5. Desvantagem potencial: invernos frios congelantes, podem ficar lotados

10. São Paulo, Brasil

São Paulo é a cidade mais importante do Brasil quando se trata de trabalho. A capital paulista é bastante cosmopolita e moderna. As coisas realmente funcionam em São Paulo. Muitos nômades digitais vem para cá durante a semana e final de semana se mudam para a praia, que são bem perto.

  1. Custo de vida: $ 1.1460 por mês
  2. Velocidade da Internet: 500 Mbps
  3. Melhores espaços de coworking: Coworking São Paulo, AGS4 Coworking – Próximo à Av. Paulista, Osmose Coworking
  4. Vantagens de se morar aqui: possiblidade de estar perto de feiras de negócios de todas as áreas possível, vida noturna intensa e diversa gastrononomia.
  1. Desvantagens: violência urbana, poluição e trânsito intenso.

11. Rio de Janeiro, Brasil

12. Florianópolis, Brasil

Conclusão: Vale a pena virar um nômade digital e ir trabalhar em uma dessas cidades e lugares?

Essa resposta é muito pessoal. Quem está nessa vida ama, e muita gente quer entrar. Recomendo você fazer um teste drive tirando “um período sabático” e ver se essa vida é pra você. Comece pelo Brasil e depois se lance no mundo.

Com uma lista cada vez maior de ótimos empregos e destinos para nômades digitais, é um ótimo momento para ser um trabalhador remoto. E se você ainda está tendo dificuldade em decidir qual das melhores cidades nômades digitais é o lugar certo para você? Bem, essa é a grande coisa sobre ser um nômade digital! Você apenas terá que conhece-los por si mesmo, e caso não dê certo é só se mudar de cidade. E em qual emprego a gente vira nômade digital? Bem, um dos principais é tendo ou trabalhando em uma agência de Marketing Digital. Mas existem muitos outros. No próximo post esse assunto será abordado.