Deseja saber quais são as suas opções de visto para viver em Portugal? Não importa de onde você seja, neste artigo você encontrará tudo o que precisa saber sobre os diferentes tipos de vistos disponíveis para Portugal que você pode precisar para entrar, visitar ou morar legalmente em Portugal.

Este artigo é para você que deseja:

  1. Investir em Portugal;
  2. Iniciar um negócio em Portugal;
  3. Trabalhar como freelancer em Portugal; ou
  4. Simplesmente desfrutar de uma boa qualidade de vida como aposentado ou investidor.

Leia também: Quais são os países que não precisam de visto para entrar

Quais as opções disponíveis para migrar para Portugal – Tipos de Visto

Quem precisa de visto para Portugal?

Devido aos múltiplos acordos diplomáticos que Portugal mantém com muitos países, é muito fácil para os cidadãos de todo o mundo virem a Portugal ou para os portugueses visitarem outros países.

Há também opções de investimento, sejam no segmento imobiliário através de compras de imóveis ou investimentos em fundos de capital de risco, através do programa do Portugal Golden Visa, que permitem uma residência permanente e direito à cidadania portuguesa após 5 anos de residência no país.

Os brasileiros possuem visto de 3 meses como turista já aprovado de forma automática na entrada em Portugal. Entretanto, tenha sempre em mente que é preciso cumprir as exigências mínimas de entrada como turista no país.

Portadores de passaporte europeu não precisam de visto para visitar Portugal

Em primeiro lugar, vamos apenas deixar claro que os titulares de um documento de identificação nacional válido da UE/Espaço Schengen/Suíça não precisam de nenhum tipo de visto para entrar em Portugal. Essa é uma das vantagens de ser um estado membro da UE/Espaço Schengen.

Estar isento de visto ao entrar em Portugal significa que tem até 90 dias num período de 180 dias para vir ao país e usufruí-lo sem qualquer problema. Estes 90 dias podem ser utilizados para turismo, visitas familiares, trabalho sazonal, trânsito, etc.

Vistos de Permanência Temporária em Portugal

O Visto Nacional é classificado em dois tipos de visto:

Visto de Estadia Temporária

O Visto de Estadia Temporária é válido por um ano. Pode entrar e permanecer em Portugal quantas vezes precisar com um Visto de Estada Temporária no prazo de um ano;

Você pode obter um visto de permanência temporária para os seguintes fins:

  1. Trabalhar;
  2. Estudo e pesquisa;
  3. Formação profissional, estágio ou trabalho voluntário;
  4. Saúde;
  5. Mobilidade juvenil;
  6. Fins religiosos; ou
  7. Motivos excepcionais.

Visto de residência 

O Visto de Residência Português deve ser solicitado quando a sua intenção é viver em Portugal por um período maior do que 1 ano de Residência junto do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

As razões que podem justificar o seu visto podem ter a ver com o seguinte:

  • Trabalhar;
  • Estudo e pesquisa;
  • Formação profissional, estágio ou trabalho voluntário;
  • Reagrupamento familiar; e/ou
  • Residência fixa.
  • No site oficial do Ministério das Relações Exteriores, você encontra o formulário de solicitação que precisa preencher para solicitar o Visto Nacional (residência e permanência temporária).

Entendemos que pode parecer um pouco confuso, mas você não precisa se preocupar, pois criamos uma lista dos tipos de visto de Portugal mais usados:

Tipos mais comuns de vistos para Portugal

Aqui estão os tipos mais comuns de visto para Portugal:

  • Visto Schengen (visto de curta duração ou visto de turista);
  • Visto de Estudo;
  • Visto de trabalho;
  • Visto técnico;
  • Visto StartUP;
  • Visto D2;
  • Visto D7; e
  • Visto Golden Visa Portugal.
  • Visto Schengen para Portugal

Visto de Estudo para Portugal

Dependendo da duração do seu estudo, você pode ter que solicitar um visto de permanência temporária ou um visto de residência.

Visto de Trabalho para Portugal

Como o nome indica, este é o visto que você precisará caso queira trabalhar como subordinado em Portugal.

Visto Técnico 

O Tech Visa é um novo e excitante tipo de visto para Portugal.

Para atrair o maior número possível de mentes brilhantes e levá-las ao país de todo o mundo, a partir de janeiro de 2019, as empresas de tecnologia podem contratar funcionários de fora da UE/Espaço Schengen.

Se elegíveis, as empresas podem contratar pessoas de todo o mundo e dar-lhes a oportunidade de trabalhar em Portugal. Dependendo da área geográfica de Portugal em que se encontrem, estas empresas podem ter 50% a 80% dos seus colaboradores do estrangeiro que podem vir para Portugal utilizando o Tech Visa.

StartUP Visa

Você pode solicitar um StartUP Visa se estiver pensando em abrir uma startup em Portugal. 

Visto D2

O Visto D2 é um tipo de visto que você pode solicitar se for empresário e desejar realizar negócios e residir em Portugal.

Visto D7

O Visto D7 permite-lhe mudar-se para Portugal e viver dos rendimentos que obtém do seu fundo de pensões ou de qualquer investimento que tenha no estrangeiro.

Golden Visa Portugal

O Golden Visa destina-se a atrair investidores de todo o mundo e fazê-los investir em Portugal. Este programa é fantástico para quem tem muito capital disponível para investir em Portugal.

Conclusão: Vale a pena visitar ou morar em Portugal?

Depende muito! Para passear sempre recomendo a Europa, especialmente Portugal. A terrinha é incrível e é um dos países mais visitados pelos brasileiros. Todo mundo ama!

Já morar, você precisa refletir muito. Muita gente está com a vida no Brasil realmente complicada, então buscar uma vida melhor em outro país pode ser uma boa ideia.

Mas pesquise muito! Não tente se mudar ilegal ou sem refletir bastante, combinado?

Você já morou em outro país? Escreva nos comentários.