Turismo em Singapura, a Cidade-Estado mais moderna do mundo! Como chegar e um pouco da história

Depois que saímos de Dubai, continuamos a viagem e viemos visitar Singapura.

Foto retirada do site http://singapore.com/top-sites-visit/

Quando eu ouço falar desse país o que vem na minha cabeça é um país organizado, rico onde as pessoas vivem muito bem. No entanto, até há algumas décadas, tinha altos níveis de miséria e pouco emprego.

Atualmente é o quarto país mais rico do mundo, ficando atrás apenas do Qatar, Luxemburgo e Macau.

Vista de Singapura do alto do Marina Bay Sands

Meu marido brincou dizendo que Singapura faz cair por terra a teoria dele de que apenas país onde faz muito frio consegue alcançar bons padrões de Índice de Desenvolvimento Humano, pois aqui a temperatura média anual é de quase 30 graus celsius. Quente e úmido o ano inteiro.

Localizando Singapura

República de Singapura, é uma cidade-Estado insular localizada na ponta sul da Península Malaia, no Sudeste Asiático, a 137 quilômetros ao norte do equador. São 63 ilhas e é separada da Malásia pelo Estreito de Johor, ao norte, e das Ilhas Riau (Indonésia) pelo Estreito de Singapura, ao sul.

Mapa retirado do site Wikipedia

O termo Cidade-Estado significa cidade independente, com governo próprio e autônomo. Atualmente, o termo cidade-Estado também é, às vezes, empregado para designar cidades que se transformaram em minúsculos países como Vaticano e Mônaco politicamente autossuficientes.

Singapura é uma cidade-Estado. Ainda na Ásia, Hong Kong e Macau são consideradas cidades-Estado por serem consideradas Regiões Administrativas Independentes dentro da China.

Um pouco da história de Singapura

Singapura foi parte de diversos impérios desde que foi habitada no século II d.C. Os primeiros registros daqui aparecem em um mapa criado pelo matemático, astrólogo e geógrafo Ptolomeu. Já no século III existem relatos chineses nos quais ela é denominada como “Ilha no Final” (Island at The End), uma referência a sua localização no extremo da Península Malaia.

Já o nome Singapura tem sua origem no Século XIV, quando o Príncipe de Srivijaya ao visitar a região teria visto um leão (a qual era habitada por tigres e não leões). Após esse suposto encontro, a região passou a ganhar o nome de Singapura, que em sânscrito quer dizer Cidade do Leão (singa = leão e pura = cidade).

Obra de arte retratando o Símbolo da cidade feito por um brasileiro.

Clique aqui para ler sobre o nosso dia na Universal Studios Singapura

Depois de muito tempo o país foi fundado como um posto comercial da Companhia Britânica das Índias Orientais.

O Império Britânico obteve soberania da ilha em 1824.

Bonito e luxuoso hotel histórico da época que Singapura era colônia inglesa.

Já na Segunda Guerra Mundial foi ocupada pelo Japão, mas voltou pras mãos inglesas depois do conflito.

Quando se tornou autogovernada internamente se uniu a outros ex-territórios britânicos para formar a Malásia, e dois anos depois virou um Estado independente.

E a Singapura moderna?

Foram feitos robustos investimentos em tecnologia, moradias, e é claro, educação.

Desde então, o país teve um aumento maciço em termos de riqueza e é um dos quatro Tigres Asiáticos. A economia depende fortemente da indústria e dos serviços. O país é um líder mundial em diversas áreas: é o quarto principal centro financeiro do mundo, o segundo maior mercado de casinos e o terceiro maior centro de refinação de petróleo do mundo.

Vista bonita do Porto de Singapura

Seu porto é um dos cinco mais movimentados do mundo. O país é o lar do maior número de famílias milionárias em dólares per capita do planeta. O Banco Mundial considera a cidade como o melhor lugar no mundo para se fazer negócios. O país tem o terceiro maior PIB per capita por paridade do poder de compra do mundo, tornando Singapura um dos países mais ricos do planeta.

Tamanho sucesso é explicado por um governo que regulou o país, desde sua exclusão da Malásia, em 1965, com mão-de-ferro. Tudo no país é regulado e penas de multas são aplicadas por atos banais, como atravessar fora da faixa, mascar chiclete ou comer durian no metrô (um tipo da nossa conhecida Jaca).

Placa do metrô. Detalhe do último aviso proibindo a referida fruta no metrô

Como chegar em Singapura?

Como está bem distante do Brasil não exite vôo direto, exigindo ao menos uma conexão que pode ser feita com diversas companhias aéreas. Nós viemos de Emirates, com escala em Dubai.

Outro ponto importante é que o país é largamente utilizado como hub aéreo para explorar o Sudeste Asiático e outros destinos no Oriente, como Japão e China, por conta de sua companhia aérea Singapore Airlines, considerada uma das melhores do planeta.

Atenção para o maravilhoso aeroporto, que é também considerado o melhor aeroporto do mundo e possui cachoeira, shopping, cinema, uma bonita floresta tropical, dentre outras atrações imperdíveis, então separe um bom tempo só pra passear por ele.

Bonita floresta tropical dentro do aeroporto
Linda cachoeira dentro do Aeroporto de Singapura, Changi

Clima, quando ir e quanto tempo ficar em Singapura?

Nós fomos em dezembro e não pegamos 1 gota de chuva. Porém os meses mais chuvosos são os de outubro a janeiro, mas em Singapura chove durante o ano inteiro.

Ah, e em função da proximidade da linha do equador as temperaturas são sempre altas e o ar sempre muito úmido. As temperaturas variam pouco de estação para estação e entre o dia e a noite as variações de temperatura são mínimas.

Sobre quantos dias ficar eu achei minha estadia bem corrida, e passamos 3 noites. Talvez se eu ficasse uma noite a mais eu acharia mais tranquilo. A única vantagem de viajar um pouco mais corrido é que por onde você passa você fica com gostinho de quero mais. Eu queria ter andado na roda gigante (Singapore Flyer), explorado melhor o Gardens by the Bay e passeado mais por aqui. Vontade de voltar!

A vista dessa toda gigante deve ser maravilhosa. Singapore Flyer.

Onde se hospedar

O primeiro conselho é: se hospede no hotel icônico “Marina Bay Sands“. Faça isso pelo menos por uma noite para se ter acesso a piscina de borda infinita com vista maravilhosa, mas que só é aberta para hóspedes do hotel e desfrute de estar em um dos lugares mais famosos do mundo.

Hotel Marina Bay Sands. Foto retirada do site Wikipedia

Em nossas datas não havia quartos disponíveis (mesmo ele sendo caro vive sempre lotado).

Então já que esse hotel não ia rolar (pelo menos em relação à hospedagem, porque nós conseguimos almoçar ali no último dia do ano), tive bastante dúvida sobre a hospedagem. Em comparação com nossos outros destinos, Singapura era a mais cara, e os quartos menores. Apesar da cidade não ser tão grande eu queria me deslocar até a região da Marina a pé, sem depender de transporte público.

Não conseguimos. Mas ficamos perto, há cerca de umas duas estações de metrô, no máximo.

E optamos pelo Hotel G Singapura e foi uma decisão acertada. Quartos pequenos, mas atendimento bom, café da manhã excelente e localização impecável.

Hotel G Singapura

Como se isso não bastasse o hotel possui um bar super agitado. E nessa região fica alguns museus de Singapura e muitos edifícios históricos da cidade.

O bar de hotel mais bonito que eu já vi . Hotel G Singapura

Para se ter uma noção fomos andando para o bairro árabe e para a little India do nosso hotel.

Outra opção de hospedagem que cogitei foi a Chinatown da cidade. Lá é uma boa pedida para quem quer economizar um pouco sem abrir mão da boa localização. É perto da região da Marina Bay e do Clarke Quay (uma região com antigos galpões revitalizados onde está a vida noturna como bares e restaurantes. Talvez seja “o” lugar para aproveitar a vida noturna de Singapura).

É importante falar que Singapura é mega, ultra segura e você pode andar na rua absolutamente sem medo. Bom demais viver em um lugar assim, né? Pra ter uma vida assim eu até topo ser proibida de comer jaca no metrô e de mascar chiclete. Hahaha.

Prédio bonito na Chinatown

Como se deslocar em Singapura

Existe um trem/metrô que vai para todos os lados. Além do aplicativo Grab que substitui o uber na Ásia, que usamos demais. Nós baixamos o Grab do Brasil mesmo para não chegar lá e ter surpresas.

No metrô de Singapura

Então se o seu foco é gastar o menos possível em hospedagem se você sair das regiões mais centrais você consegue preços melhores. O importante é ter uma estação de metrô perto. Singapura é pequena se comparada com Nova York ou São Paulo, então você nem perde muito tempo dentro do transporte público.

E afinal? É Cingapura ou Singapura?

Cada pesquisa que eu faço sobre o país, aparece cada vez com S ou com C.

Em inglês a grafia correta é Singapore, mas em português se usou por vários anos “Cingapura”.

Atualmente essa regra mudou então o correto agora é com “S”, como “Singapura”.

Souvenirs com a inicial correta.

Na própria página da embaixada de Singapura foi adicionado um aviso de que a grafia do nome do país foi unificada. Até 2015 os dicionários em língua portuguesa aceitavam tanto a grafia com S ou com C, mas a partir de 2016 passou a ser obrigatório o uso de “Singapura”.

Essa mudança não é frescura, ela faz parte daquele Acordo Ortográfico que entrou em vigor em 2009, passando a ser obrigatório em 2016, lembra? Um dos objetivos desse acordo era unificar o idioma entre os países falantes da língua portuguesa, e a forma correta escolhida foi com “S”, uma vez que apenas o Brasil utilizava “Cingapura”. Fim do mistério!

Mais sobre a nossa viagem por Singapura

No primeiro dia, sem dormir por conta da diferença de fuso horário, fomos logo vistar o icônico hotel Marina Bay Sands e os famosos e lindos jardins da baía num passeio noturno.

Aqui, conto do nosso passeio pelos bairros multiculturais de Singapura. Chinatown, Little India, Bairro Árabe.

E por fim, conto aqui como foi nossa visita ao parque Universal Studios Singapura no penúltimo dia do ano.

NÃO SE ESQUEÇA DE CONTRATAR O SEGURO VIAGEM!

Faça uma cotação sem compromisso neste link que já inclui o cupom ELIZABETHWERNECK que garante o desconto de 5% na compra do seu seguro viagem!

Acompanhe minhas viagens em tempo real pelo Instagram >>@elizabethwerneck

Se você gosta das dicas do blog, ajude na sua manutenção, reservando seus hotéis e pousadas pelos links daqui. Isso não aumenta em nada o valor da sua reserva e gera um pequeno percentual revertido para o blog 😉

🛏 Pesquisando por hotel? Dê uma olhadinha no Booking.com! Você não paga nada a mais pela reserva, pode alterar e cancelar quando quiser, e ainda consegue os melhores preços.

Ásia Singapura

1 comentário Deixe um comentário

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: