Para mim, ter um blog de viagens é algo que eu sempre quis ter, e acho algo muito divertido. É meu único hobby na vida, no momento. Mas, será que para quem quer ganhar dinheiro e monetizar ainda é um bom negócio? Veja aqui nesse texto algumas reflexões para quem deseja trabalhar no ramo e criar um blog de viagens, e descubra também se precisa custar muito. Afinal, ainda vale a pena ter um blog de viagens

Importante: Se você precisa comprar Euros ou Dólares para uma viagem ao exterior, você tem que conhecer a Wise!
Eu viajo muito e as melhores taxas de câmbio encontro sempre na Wise. Sem falar no cartão VISA deles que pode ser solicitado gratuitamente e utilizado no exterior debitando direto da sua conta Wise internacional sem tarifas ocultas nem IOF, com praticidade e segurança.
Entre para a Wise é gratuito.

Leia também: Tipos de Marketing: conheça as principais opções do mercado

Booking.com
Blog de viagens: Ainda vale a pena ter um
Blog de viagens: Ainda vale a pena ter um

O blog de viagens pode ser rentável?

Para ter um blog de viagens rentável e de grande alcance ao público, basta escolher uma hospedagem de site barata e outras ferramentas que vão te atender sem gerar muitos gastos.

Muitas pessoas que gostam desse ramo ficam se perguntando: vale a pena ter um blog de viagens? Este já não é um mercado saturado? Vou conseguir chegar a algum lugar com o meu blog de viagens ou só perderei tempo? 

Os questionamentos e inseguranças são muitos, mas talvez a gente possa te ajudar com isso.

O blog de viagens vai ser um grande aprendizado

A experiência de criar um blog de viagens pode ser enriquecedora tanto para quem produz o conteúdo quanto para quem acompanha. Por isso, chegou a hora de confrontar essas questões para saber se ter um blog de viagem é para você. 

Pergunte-se se isso é algo que te faz feliz

Criar um blog de viagens e mantê-lo na mais absoluta qualidade requer grande energia. Por isso, é importante que isso seja algo que te faça feliz. O meu é tão importante quanto respirar (e por isso, é importante sempre ter um backup de tudo, para não ter surpresas super desagradáveis).

Para começar um projeto de sucesso você precisa se perguntar se isso seria algo que você faria mesmo se não ganhasse dinheiro algum. Se a resposta for sim, já é um bom começo!

Isso acontece porque no começo de grandes projetos tudo é um pouco mais difícil, as coisas andam mais devagar e nada é tão glamuroso quanto os blogs maiores te mostram. 

A não ser que você tenha dinheiro para bancar os investimentos sem esperar grandes resultados em troca no começo, como um verdadeiro hobby. Caso contrário, é preciso ter paciência e gostar bastante do que está fazendo.

Se você pensa em abrir uma empresa de turismo um blog te ajuda bastante a ter visibilidade nesse negócio.

Preocupado com a concorrência?

Uma das coisas que costumam desanimar iniciantes é a quantidade de blogs de viagem existentes.

Realmente, há uma grande quantidade de blogs, perfis no Instagram e canais no YouTube, mas isso não deve ser uma barreira para quem deseja começar o seu projeto e nós te explicamos o porquê.

Mesmo com a grande quantidade de conteúdo, isso não é um sinal de que este material seja bom e esteja satisfazendo os espectadores interessados. Não adianta ter milhares de blogs se nenhum deles entregar informação de qualidade para os leitores. Por isso, é preciso que o foco seja em se destacar e produzir conteúdo de qualidade.

Não se preocupe com a concorrência. A preocupação maior ao iniciar um projeto desse tipo deve ser no planejamento e na criatividade para criar conteúdo que realmente faça a diferença para o leitor.

É preciso buscar informações novas e não só repetir o que já existe, então mãos à obra!

O investimento para ter um blog de viagens

Outra grande preocupação dos interessados em ter um blog é o investimento necessário.

Desde já, é preciso que você saiba que para ter um blog de qualidade você vai precisar gastar, mas os valores são muito pequenos e você consegue dividir em parcelas que vão facilitar o pagamento e passar quase imperceptível para ter seu novo projeto.

Hoje em dia, é fácil encontrar empresas que oferecem serviços de hospedagens de sites econômicos e de qualidade, bem como fazer um registro de domínio personalizado com pouco dinheiro para que o seu site fique bem organizado e tenha mais chances de ser encontrado pelas ferramentas de busca.

A grande vantagem de iniciar um projeto online é que o investimento é maior em questões de tempo e energia do que de dinheiro.

Por isso, você não vai precisar gastar muito para criar o seu blog de viagens e começar a produzir conteúdo que te dará um retorno financeiro no futuro.

À medida que este retorno financeiro for surgindo, você pode utilizar as primeiras remunerações para reinvestir no blog e escalar o seu negócio, fazendo tráfego pago, por exemplo. Você deve pensar no seu projeto como um negócio e construir o seu valor aos poucos.

Blog de viagens: Ainda vale a pena ter um

Mas e se eu não tiver dinheiro para bancar viagens?

Como já foi dito, todo começo de projeto é um pouco mais difícil, especialmente se você não investir muito.

No caso das viagens, o investimento para viajar e produzir conteúdo pode ser um obstáculo, mas vai ser muito menor do que você imagina se for criativo e souber a melhor forma de transmitir conteúdo.

Primeiro que você não vai precisar necessariamente fazer grandes viagens no começo para ter um blog de sucesso. Começar dando dicas de viagem na sua própria cidade e arredores pode ser muito interessante, assim como falar sobre organização, truques para economizar dinheiro e dicas para encontrar bons lugares para viajar é uma ótima opção .

Em segundo lugar, é possível começar com viagens menores, na sua região, desbravando lugares e cachoeiras que as pessoas não conhecem e que podem ser ótimos para uma viagem de baixo custo.

Dessa forma, você começa conquistando o público da sua região e criando um bom engajamento em conteúdos que podem evoluir para viagens maiores.

O importante é que o seu conteúdo seja bom! Se você for criativo o suficiente, até uma ida à cachoeira mais próxima ou tomar um café num lugar novo que inaugurou recentemente pode se tornar um post de sucesso. O povo adora uma novidade!

O importante é conseguir passar a mensagem bem sincera de como aproveitar ao máximo cada experiência para que os seus leitores se sintam satisfeitos com suas dicas. Vai por mim, até os perrengues de viagem são interessantes para o seu público.

Leia também: O que é um Mídia Kit, afinal?

Blog de viagens: Ainda vale a pena ter um

Blog de viagens: Ainda vale a pena ter um

Sobre o retorno financeiro de um blog de viagem

Se você consegue passar por todos os obstáculos que fazem um blog de viagens se tornar conhecido por ser bom, o retorno financeiro vem!

Felizmente, existem diversas formas de monetização do seu conteúdo para que você possa realizar o seu sonho de viver de um blog de viagens.

Sobretudo, é possível ter anúncios, vendas próprias, vendas de afiliados, parcerias com empresas de viagens, propagandas pagas, entre outras formas de monetização que vão fazer seu blog gerar receita.

Lembre-se: o que gera receita é audiência e engajamento, então este deve ser seu foco.

A monetização deve estar de acordo com o seu conteúdo, pois assim será maior a sua receita. Não entendeu? A gente te explica!

  1. Os anúncios mostrados devem ser de interesse do público viajante;
  2. Indique produtos que você usa para que as pessoas possam comprar e você ganhar comissões pela Amazon ou outra empresa;
  3. Feche parcerias que beneficiem seus leitores;
  4. Diversifique o seu conteúdo publicando em plataformas diferentes, como redes sociais e o Youtube;
  5. Venda informação: prepare um conteúdo exclusivo que tenha seu valor e possa gerar uma receita direta e utilize estratégias de venda para aumentar os resultados.

Existem muitas outras formas de fazer a sua monetização conversar com o seu conteúdo.

Que tal uma rifa ou sorteio valendo uma viagem? É possível organizar ações que interessem seus seguidores, desde que tudo esteja dentro da lei e seja bem organizado.

As possibilidades são muitas, você só precisa ser criativo e fazer com Amor!

Conclusão: Vale a pena ter um blog de viagens?

Considerando que o investimento é pequeno, se for uma coisa que você gosta muito e que os frutos que você deseja podem ser colhidos com bastante trabalho, vale a pena demais!

Aproveite a sua animação, construa um projeto diferente, que realmente vai agregar ao nicho de viagens e seja o próximo destaque deste setor. Pesquise opções de hospedagem de sites barata, compre um domínio e mãos à obra!

Leia também: Melhores destinos e lugares para nômades digitais: Veja 12 cidades

Como beneficiar o seu negócio com as redes sociais