Você já ouviu falar nas pirâmides do México e de pirâmides naquela região de modo geral? Confira aqui as 13 principais, que valem a pena uma visita quando estiver por lá.

O México é cheio de pontos turísticos e históricos, que são alvos de viajantes que partem de todas as regiões do mundo!

Booking.com

Quantas pirâmides existem no México e em toda península de Iucatã?

A resposta curta e direta é: ninguém sabe ao certo. Infelizmente, algumas pirâmides localizadas na Cidade Do México desapareceram há muito tempo, mas dezenas de outras em todo o México ainda estão de pé.

Quem ou quê construiu as pirâmides no México?

Eu já vi gente falando que foram os extraterrestres, mas foram as culturas pré-colombianas como por exemplo os olmecas, toltecas, zapotecas, astecas e também os maias criaram essas construções impressionantes.

Na maior parte das vezes, cada civilização tinha um estilo de construção próprio, embora todas as civilizações usassem materiais como pedras, argilas e argamassa.

Idade e quantos anos aproximadamente têm as pirâmides no México?

Essa é uma boa pergunta. As pirâmides mais importantes foram construídas ao longo de aproximadamente 2000 mil anos. E a data vai de 900 aC até cerca de 1000 dC.

Não esqueça de contratar o seguro viagem para viajar para o México:

Chegou num ponto super sério e importante do texto: a documentação. Fique atento às informações. Nós brasileiros agora precisamos de visto para entrar no México se não tivermos o visto dos Estados Unidos.

Além disso, precisamos de passaporte válido e o seguro viagem não é obrigatório, mas não é inteligente viajar sem um.

Sugiro fazer a cotação do seu seguro viagem internacional pela Seguros Promo, que é um buscador de seguros e te sugere o melhor preço e o melhor custo benefício.

Ele trabalha com as melhores seguradoras. Quase preicsei usar quando eu viajei para O mèxico por causa que tive dor de barriga. A comida é muito apimentada, diferente da que eu estou aostumada. É uma delícia mas dores de barriga pode acontecer.

Veja aqui os melhores preços e não deixe de ativar o cupom de desconto: Seguro viagem com desconto. Após sua compra, a apólice do seguro vai chegar por email.

E onde encontrar pirâmides no México

Se você está pensando em montar sua viagem ao México para visitar as pirâmides veja esse mapa abaixo. Muitas pirâmides estão localizadas bem ao longo da costa leste do México.

Outras pirâmides estão agrupadas no interior do país, ou ao redor da Cidade do México e mais ao sul em Oaxaca . Encontre 10 pirâmides neste mapa do Google (foto abaixo) e continue lendo para obter mais informações de outras pirâmides em países próximos ao Mèxico, mas que podem sim ser visitadas na mesma viagem, dependendo de quanto tempo você tem.

Leia também: Onde se hospedar em Cancún

1- Castelo de Kukulcán, Chichen Itza (Yucatan)

Muitos já conhecem ou, pelo menos, já ouviram falar sobre Chichén Itzá, uma incrível pirâmide mexicana que está presente onde, antigamente, existia uma cidade pré-colombiana, que segundo a história, foi construída pela civilização Maia.

Apesar de ser a pirâmide mais famosa do México, existem outras opções que são, muitas vezes, deixadas de lado pelos turistas, mas que valem muito a pena conhecer durante a viagem pelo país.

Isso não quer dizer que não vale a pena conhecer Chichén Itzá, até porque a pirâmide é incrível, e possui um valor histórico muito importante para todo o mundo.

Mas, se você, assim como nós, quiser conhecer pontos turísticos diferentes, e fugir da muvuca dos turistas que vão sempre aos locais mais convencionais, então, continue a leitura para conferir 4 pirâmides no México que você merece conhecer, e que vão te surpreender muito.

Como visitar

Essa atração é uma das mais famosas do México, dessa forma, as estradas para visitar Chichén Itzá são muito seguras e bem conservadas. Mas mesmo assim, recomendo visitá-las com um tour. 

Ela está no meio do caminho entre Cancún e Mérida (cerca de duas a três horas de distância), e é Patrimônio Mundial da UNESCO, além de uma das sete maravilhas do mundo moderno.

Dessa forma, ela costuma ficar lotada de turistas e vendedores. Pense pelo lado bom e sinta que você está visitando Chichén Itzá como ela realmente era durante o seu auge – uma cidade super movimentada.

Leia também: O que fazer em Cancún e Riviera Maya: Mundo Maya, Caribe e Night

Veja alguns passeios para Chichen Itza que você pode se interessar:

1- Cancún/Riviera Maya: Chichén Itzá, Valladolid e Cenote

2- Excursão com tudo incluído em Chichen Itza, Cenote e Valladolid

3- Ingresso de Chichén Itzá sem filas

Já segue o blog no Instagram? Não perca nenhum conteúdo e acompanhe nossas viagens em tempo real

Pirâmides no México e região: 12 opções que vale a pena conhecer!

E uma das melhores coisas desse passeio, é que o número de visitantes é bem menor, quando comparamos com Chichén Itzá, e os preços são muito mais acessíveis. Dessa forma, dá para economizar, andar tranquilamente e tirar fotos maravilhosas. Vamos lá?

2- A Igreja e o Castelo, Coba (Quintana Roo)

Coba é uma cidade antiga maia, que atingiu seu ápice entre 800 e 1100 dC. Ela já teve cerca de 50.000 habitantes e atualmente suas ruínas abrigam duas pirâmides impressionantes: a Iglesia e a Castillo. O Castillo, em Coba é a segunda maior pirâmide da península de Yucatán. 

As pirâmides estão meio arruinadas e cobertas de floresta, além disso, ambas as estruturas parecem ter sido desenterradas recentemente. Na verdade, grande parte das pirâmides do México e de toda aquela região ainda não foi totalmente escavadas. E por um lado todo esse mistério em meio a mata fechada e selvagem cria uma atmosfera super misteriosa, quase mágica, não é mesmo?

Como visitar

Coba fica localizada a pouco mais de duas horas de carro de Cancún e cerca de 40 minutos de Tulum. Se você for sem passeio, pode contratar um guia na entrada das ruínas.

Contrate esse passeio para visitar Cobá:

1- Tulum e Cobá: Excursão Arqueológica de 1 Dia c/ Almoço

2- Riviera Maya: Excursão Cobá e Chichén Itzá com Cenote e Almoço

3- Do seu hotel em Cancún te pegará para essa excursão: Excursão a Tulum e Cobá

Leia também: Países mais lindos do mundo: Conheça 15 destinos naturais

Alugue um carro para viajar pelo México:

Quando alugamos um carro nas viagens sempre alugamos pela RentalCars e sempre foi um sucesso, sempre funcionou muito bem. Reserve por esse link e você não paga nada a mais por isso, e eu ganho uma pequena comissão. Link de aluguel de carro com desconto. Obrigada, queridas e queridos leitores.

3- Pirâmide do Sol e Pirâmide da Lua, Teotihuacán

No México, está presente a Zona Arqueológica de Teotihuacan que, depois de Chichén Itzá, possui algumas das pirâmides mais visitadas do país.

O local é de fácil acesso, e você pode chegar até a zona arqueológica de ônibus, partindo da Cidade do México. No total, são cerca de 45 km de viagem, sendo possível fazer um bate-volta.

Mas, para quem quer uma experiência de primeira classe por lá, dá para reservar um tour até o local com uma das agências de viagens da Cidade do México.

A vantagem dessa modalidade, é que você terá um guia para te contar mais detalhes sobre a história, e os pontos turísticos do local, além da viagem ser mais rápida.

O ingresso para conhecer as pirâmides de Teotihuacan é muito mais em conta, e os ingressos comprados antecipadamente são mais baratos.

Por isso, vale a pena se programar. Comprando antecipadamente, o ingresso sai por volta dos US$8. Você pode conferir mais informações sobre o preço e as datas disponíveis neste site.

como visitar

Localizada a uma hora ao norte da Cidade do México, Teotihuacán é um passeio popular de um dia e é melhor visitá-lo como parte de um passeio. Muitos passeios param no caminho na Basílica de Guadalupe para um vislumbre de outro aspecto da cultura mexicana. Visite no meio da semana para multidões menores.

A Zona Arqueológica de Teotihuacan fica aberta para visitação das 9h às 17h, e vale a pena conhecer por conta da história do local.

Segundo os estudos, a cidade onde hoje está Teotihuacan surgiu o ano 100 e, durante os seus anos de existência, conseguiu se tornar a maior cidade da região, conhecida como América pré-colombiana.

O povo teria habitado a região até o século VII ou VIII, quando aconteceu a decadência de Teotihuacan. No entanto, nenhum historiador consegue dizer qual foi o motivo da queda, e quando ela aconteceu exatamente.

Em 1987, a Zona Arqueológica de Teotihuacan foi considerada como um Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

Veja esses passeios:

1- Cidade do México: Tour Teotihuacán, Guadalupe e Tlatelolco

2- Da Cidade do México: aventura de balão de ar quente em Teotihuacan

Pirâmides México

4- Pirâmide em Tulum

Outra região com pirâmides no México que vale a pena visitar, é a de Tulum, uma zona arqueológica que fica localizada na região costeira.

Além das pirâmides, a área arqueológica de Tulum possui belas praias, com águas cristalinas e perfeitas, para se refrescar nos dias mexicanos mais quentes.

O local é super fácil de acessar por conta própria, mas também existem opções de tour que levam até o local.

As pirâmides da zona de Tulum possuem uma arquitetura bem diferente das pirâmides mais tradicionais.

E a grande diferença da região, é que ela ainda era habitada quando a Espanha chegou no lugar, e foi abandonada pelo povo apenas durante o século XVI.

A zona arqueológica de Tulum funciona todos os dias, entre 8h e 17h.

Leia também: Pacote Hurb para Cancún: é confiável? Roteiro de 5 dias – viajando pela agência mais comentada do Brasil

Veja esse passeio: Tulum e Cobá: Excursão Arqueológica de 1 Dia c/ Almoço

Pirâmides México

5- Pirâmides de Monte Albán

Monte Albán foi uma cidade que, com o tempo, se transformou em ruínas próximas de Oaxaca. No contexto de sua existência, Monte Albán era considerada como a capital dos zapotecas.

O ponto alto de Monte Albán, era a vista incrível de toda a região por ela ter sido construída em cima de um monte. Estima-se que a cidade foi construída por volta dos anos 500 a.C., pelo povo conhecido como zapotecas.

Mas o mais incrível de tudo hoje em dia, é a conservação das construções do local, e os grandes achados que foram essenciais para desvendar a vida e a história do nosso mundo.

É lá que está presente o “los danzantes”, um grande mural que encontraram onde os moradores da época fizeram representações de figuras humanas.

Além disso, através deste sítio arqueológico, é possível conhecer o antigo “campo de futebol” mesoamericano.

Esse sítio arqueológico abre todos os dias, funcionando das 8h às 17h.

Contrate esse passeio:

1- De Oaxaca: excursão de um dia a Monte Albán e Artesanato

Como visitar

As Pirâmides de Monte Albán estão a cerca de 8 km do centrinho da cidade de Oaxaca. Dessa forma, é fácil chegar a Monte Albán de ônibus, de excursão ou táxi. 

Se você preferir ir de táxi, é recomendável conversar com seu motorista e combinar também uma viagem de volta com ele.

6- Pirâmide do Mago, Uxmal (Yucatan)

Quem conhece um pouco da história do povo maia sabe que esse povo nunca esteve centralizado em apenas uma capital, como por exemplo os astecas e os toltecas. 

Dessa forma, a civilização maia ação se assemelhava muito à Grécia antiga, ou seja, tinha várias cidades-estados concorrentes ou não e super independentes, que compartilhavam uma língua e crenças religiosas. Porém eles poderiam desenvolver diferentes estilos de arquitetura e outras coisas super distintas. 

A diferença entre Chichén Itzá e Uxmal é muito grande e interessante. As construções de Uxmal, incluindo a Pirâmide chamada do Mago, foram construídas em estilo Puuc. Esse estilo era conhecido por seus temas altamente detalhados e super estilizados e uma grande riqueza decorativa que não é tão típica de outras cidades maias.

Como visitar

Para chegar em Uxmal não é difícil. Existem muitos ônibus que saem da rodoviária (terminal rodoviário) da cidade de Mérida.

Interessante destacar que é possível encontrar várias vans que fazem esse transporte coletivo para Uxmal,  pois é um ponto muito turístico. Aí é uma viagem de carro de aproximadamente 1 hora que o levará da moderna Mérida à antiga Uxmal.

Veja esse passeio: De Mérida: Uxmal, Hacienda Yaxcopoi, Cenote Tour

2- De Mérida: Uxmal Light and Sound Night Experience Tour

3- De Mérida: Uxmal e Sotuta de Peon Hacienda Trip com almoço

Leia também: Vale a pena viajar para países onde o Real vale mais que a moeda local? Descubra 22 deles em 2022

7- Pirâmide e templo das Inscrições, Palenque (Chiapas)

As construções de Palenque, no estado mexicano de Chiapas, impressionam muito o visitante. O desenho é super elegante.

A Pirâmide e templo das Inscrições de quase 30 metros de altura possui um templo com pilares cobertos por hieróglifos maias – vem daí as “inscrições” em seu nome. 

Agora o incrível é que estima-se que somente 10% de Palenque tenha sido escavado até agora, embora os arqueólogos continuem trabalhando incessantemente no local. Palenque é um dos sítios arqueológicos mais espetaculares de toda a Mesoamérica, com visitantes comparando-o com Tikal, Copan e Calakmul.

Com a inauguração do prático aeroporto de Palenque, tornou-se mais fácil visitar este local que era considerado bem remoto. A companhia aérea Interjet oferece voos saindo da Cidade do México.

Como visitar:

A forma mais fácil é pegar um voo direto da Cidade do México até o pequeno aeroporto de Palenque.

O tempo de viagem é de cerca de 1h30, e além disso não existem voos todos os dias. Depois que você chegar ao aeroporto, há um ponto de táxi que pode te levar, mas alguns hotéis da região oferecem o transfer.

Veja esses passeios:

1- De San Cristóbal: Viagem de um dia Agua Azul e Palenque

2- Chiapas: ingresso sem fila para o sítio arqueológico de Palenque

8- Grande Pirâmide de La Venta (Tabasco)

A Grande Pirâmide de La Venta está localizada no estado mexicano de Tabasco (nome de pimenta).

La Venta possui a mais antiga pirâmide conhecida do México, construída por volta de 900 aC. Essa pirâmide tem 30 metros, e a estrutura não é das mais altas. 

Como a Grande Pirâmide de La Venta foi construída em argila em vez de pedra, sua forma retangular original foi muito suavizada pelos anos, fazendo com que pareça mais uma colina arredondada. Mesmo assim, é super fascinante contemplar, assim como o requintado planejamento da cidade de La Venta, que, diga-se de passagem, serviu como precursor de Teotihuacán, Tula e outras capitais do México antigo.

Como visitar

É bem difícil! Não é simples chegar em La Venta. O local está localizado em uma região super úmida do México, a cerca de 90 hora e meia de carro da cidade de Villahermosa pelo lado bom é que tem voos diretos da Cidade do México).

 Por estar localizada na bem no coração da selva, não deixe de levar muito repelente de insetos ao visitar La Venta.

Vai viajar para o México com crianças? Compre esse livro e envolva as crianças na viagem

Veja mais conteúdo sobre viajar com crianças aQui no Blog na Parte: CRIANÇAS.

9- Pirâmide dos Nichos, El Tajin (Veracruz)

No estado Mexicano de Veracruz existe um belo sítio arqueológico chamado El Tajin.

É simplesmente um dos locais mais importantes do chamado período epiclássico (ou clássico tardio), datado de cerca de 900 EC. Os moradores dessa antiga cidade eram jogadores de bola – e descobririam cerca de 55 quadras de bola durante as escavações nesse sítio arqueológico.

Aqui também tem uma das construções mais emblemáticas e incomuns do México, a bonita Pirâmide dos Nichos. É uma pirâmide relativamente baixa, de apenas 18 metros de altura. Essa pirâmide consiste em cerca de seis plataformas, e cada uma bem alinhada com detalhes esculpidos que muito provavelmente foram usados ​​para citar os dias do ano.

Como visitar

El Tajin é mais remoto, mas se você viajar até a cidade costeira de Veracruz, na costa leste do México, são mais quatro horas de carro até o local. 

O Existem operadoras de turismo que oferecem passeios de um dia saindo de Veracruz (geralmente o passeio é bem demorado, dura cerca de 12 horas).

 Se você quiser evitar esse bate e volta, de um dia inteiro dirigindo, essas ruínas ficam a cerca de 30 minutos de carro da pequena cidade de Papantla. Reserve aqui sua estadia:

10- Pirâmide de Cholula (Puebla)

Por fim, mas não menos importante, a Pirâmide de Cholula, localizada em Puebla, é uma visita que não pode ficar fora do seu roteiro pelo México!

Aliás, a pirâmide de Cholula é a maior pirâmide do mundo, quando falamos em termos de volume. Para se ter uma ideia, ela é maior do que a pirâmide de Gizé, localizada no Egito.

Para acessar a pirâmide, é necessário sair de Puebla, e existem várias opções de ônibus que fazem o percurso.

Além disso, é possível chegar de carro, contratar um tour completo pelo local ou pegar um ônibus turístico, uma opção de passeio mais em conta e bem comum no México.

A região da pirâmide de Cholula, segundo a história, estava sendo habitada lá nos anos 900 a.C. e, até hoje, os historiadores e arqueólogos não conseguiram entender o motivo do local ter sido abandonado. Mas estima-se que isso aconteceu por volta do século VIII.

No entanto, quando a Espanha chegou na região, o local já estava abandonado e a pirâmide coberta de plantas. Então, o abandono por parte dos moradores pode ter acontecido bem antes.

Apesar disso, o ambiente se encontra incrivelmente preservado e hoje, recebe muitos turistas que se interessam por arqueologia.

Se você for viajar para o México vale a pena investir nesse lindo Guia Visual em Português

Pirâmides Pré – Colombianas perto do México.

O México é um país pertinho de países como Guatemala e Belize, por exemplo, e eu visitei 2 pirâmides que vale a pena destacar quando estive na região.

11- Pirâmide de Quetzalcoatl, Tula (Hildago)

Os toltecas ocuparam o vácuo criado pela queda de Teotihuacán, estabelecendo sua capital em Tula (ou Tollan), que atingiu seu auge entre 950 e 1150 EC. imponentes estátuas de guerreiros toltecas de 13 pés de altura, mas você também vai querer explorar a vasta praça cerimonial, o palácio e as quadras de bola.

como visitar

Tula é outra viagem fácil de um dia saindo da Cidade do México (aproximadamente 90 minutos de carro) ou da cidade colonial de Querétaro (pouco menos de duas horas).

Contrate esse passeio: Da Cidade do México: Excursão diurna às Pirâmides de Tula e Teotihuacan

12- Pirâmide no sítio arqueológico de Xunantunich

Como eu disse anteriormente, a Pirâmide de Xunantunich não é propriamente no México, mas é bem pertinho, e você pode visitar na mesma viagem. Bom demais conhecer 2 países na mesma viagem, não é mesmo?

Xunantunich é um interessante sítio arqueológico do povo maia, localizado a cerca de 110 km a oeste da cidade de Belize (Belize City), bem no distrito de Cayo.

Essas ruínas de Xunantunich está localizado no topo de uma cordilheira acima do rio Mopan, bem na fronteira da Guatemala – que fica a apenas 1 km a oeste, então pode tentar visitar outras piramides, num um terceiro país durante a viagem (México+ Belize+ Guatemala).

Xunantunich consiste em seis praças cercadas por mais de 26 templos, pirâmides e palácios.

Uma das estruturas mais conhecidas de Xunantunich é a pirâmide conhecida como “El Castillo” (não confundir com o El Castillo em Chichen Itza). O lugar é dividido em quatro seções – Grupo A, Grupo B, Grupo C e Grupo D, sendo o Grupo A central e mais significativo para as pessoas.

Antes do século VII, o local era ocupado principalmente por pequenas casas, formando uma aldeia. Com o boom arquitetônico na fase Samal, vemos a extrema importância do posicionamento cosmológico e político dos monumentos em relação ao axis mundi (o eixo cardeal de interseção do local; considerado o coração da cidade Maia

A Pirâmide O Castelo em Xunantunich

O Castillo é a segunda estrutura mais alta de Belize (depois do templo de Caracol), com cerca de 40 metros de altura. El Castillo é o “axis mundi” do local, ou a interseção das duas linhas cardeais. Evidências de construção sugerem que o templo foi construído em duas etapas (a anterior chamada de Estrutura A-6–2ª, que data de cerca de 800 dC, e a posterior Estrutura A-6–1ª).

A pirâmide fica embaixo de uma série de terraços.

O friso retrata muitas coisas. Cada seção do friso é quebrada por faixas emolduradas de tecido trançado ou cordões torcidos (que representam fenômenos celestes). O friso retrata o nascimento de um deus associado à família real, deuses da criação, bem como a árvore da vida (que se estende do submundo, da terra e dos céus).

Leia aqui um pouco sobre a nossa viagem a Belize: Turismo em Belize: viagem pelas ruínas Maias e mar do caribe, perto do México;

Ambergris Caye in Belize: O que fazer em São Pedro, ilha localizada no mar do Caribe

Nessa foto acima está a Pirâmide de Xunantunich.

Veja o mapa e perceba onde Xunantunich está localizado. Bem perto do México e da Guatemala.

Leia também: Yucatán: onde fica e o que fazer nessa península no México

13 – Piramides de Tikal

Assim como o número 7 desse artigo, essa oitava pirâmide fica pertinho do México, mas está localizada na Guatemala.

E essa pirâmide foi muito especial pois quando eu visitei estava grávida e vimos o sol nascer do alto dela.

As pirâmides de Tikal foram declaradas Patrimônio Natural e Cultural da Humanidade pela UNESCO. São pirâmides, templos e praças todas bem no meio da selva fecahda para abrigar um dos maiores centros populacionais e culturais da civilização Maia.

Veja dicas sobre como visitar essa piramide perto do México:

Leia também:  Tikal, as incríveis pirâmides maias da Guatemala

Antígua (Guatemala): vulcões, ruínas, arquitetura colonial e o Lago Atitlán

Guatemala Turismo e viagem: Arquitetura colonial, pirâmides, vulcões, Caribe e Mundo Maia

Vale a pena viajar para países onde o Real vale mais que a moeda local? Descubra 22 deles em 2022

O que fazer na Cidade do México: Roteiro de 3 dias

Para onde viajar em dezembro: 21 Lugares no Brasil e no mundo para curtir as férias!