Um Roteiro pela Italia com San Marino, Europa, passando pelas regiões da Toscana, Emilia-Romagna, Liguria, Veneto e Lombardia.

saindo da Estação de trem em Veneza
enfim
enquanto
então
entretanto
eventualmente
igualmente
inegavelmente
inesperadamente
mas
outrossim
pois
porquanto
porque
portanto
posteriormente
precipuamente
primeiramente
primordialmente
principalmente
salvo
semelhantemente
similarmente
Estação de trem em Veneza

Apesar de fazer pouquinho tempo da nossa viagem pela maravilhosa Itália comecei agora os posts detalhados aqui no blog. Mas como muita gente tem interesse e me pergunta sobre o nosso Roteiro pela Itália com San Marino, Europa, de pouco mais de 15 dias, vou publicá-lo primeiro, e aí vou incluindo os dias detalhados depois.

De antemão já aviso que é muita Itália pra poucas férias! E confesso que em alguns dias eu achei um pouco corrido, mas eu gosto de viajar assim. Além disso, eu não tinha mais dias disponíveis, e se eu tivesse, sinceramente, não sei se ficaria mais dias em algum lugar desse roteiro ou se eu incluiria mais cidades, porque eu me conheço. Compramos as passagens pela Alitalia e, portanto, fizemos conexão em Roma (que já fomos em outra viagem, e logo vai ter post sobre), só que dessa vez não descemos do aeroporto. Então pra quem não conhece Roma, super vale parar na capital antes de seguir viagem pra outra parte.

Na hora de planejar sua viagem à Itália e San Marino contrate um seguro viagem para umas férias mais tranquilas. Ter um seguro viagem para Europa é obrigatório, para que turistas brasileiros tenham permissão para viajar para lá.

Acesse aqui a melhor cotação. O blog só recomenda o que usamos.

Nosso roteiro- Dia 1 – Bolonha

Chegamos em Bolonha, capital da Emília-Romanha, onde dormimos 2 noites. Breve incluirei informações sobre nosso hotel em Bolonha, com os pontos turísticos e as dicas gastronômicas da cidade.

Vista aérea de Bolonha
Bolonha vista do avião!
chegando no Aeroporto de Bolonha
Iara e eu no aeroporto de Bolonha

Dia 2 – Ida a San Marino e Rimini

mapa do trajeto de carro de Bolonha para San Marino e Rimini

Com certeza um dos dias mais programados da viagem! Pena que choveu tanto, tampando absolutamente toda a vista.

Em San Marino com chuva
Nando e Iara em San Marino
Ruas de San Marino
Pelas ruas de San Marino
Prato de Gnocci com Vinho da casa
Almoço em San Marino no Ristorante Diamond

Mas valeu a pena. Deu para passear bastante, e adoramos conhecer um país a mais, que é a República mais antiga do mundo.

Alugamos um carro e foi possível fazer bate-volta de Bolonha até San Marino, com uma escapada até Rimini, uma das praias mais famosas da Itália.

Roda gigante no balneário de Rimini
Balneário italiano na chuva! Rimini, cidade na costa Adriático, na região da Emilia-Romagna
Sorveteria em Rimini
Um dos melhores sorvetes que eu tomei na viagem é na Gelateria il Castello, em Rimini.
Muralhas do Castel Sismondo
Em frente ao Castel Sismondo. O castelo foi construído por Sigismondo Pandolfo Malatesta, senhor de Rimini, a partir de 1437. A construção durou cerca de 15 anos.

Mais detalhes sobre Rimini, veja no Blog Primeiro as damas.

E se você tem interesse em conhecer outra cidade às margens do Mar Adriático, recomendo a leitura do Blog Descobrir Viajando, onde ela conta sua visita a cidade portuária de Bari, na região da Apúlia.

Roteiro pela Itália com San Marino- Dia 3 – Ida para Veneza

mapa do trajeto de trem de Bolonha até Veneza

Viemos pra região do Vêneto e lá dormimos 5 noites em Veneza. Nesse outro post dou mais informações da cidade e conto sobre os deslocamentos na Itália de trem, e já adianto que o transporte é incrível! Pontual, limpo, bom custo-benefício, então super recomendo!

Trem bala na estação de Bolonha.
Roteiro pela Itália com San Marino
enfim
enquanto
então
entretanto
eventualmente
igualmente
inegavelmente
inesperadamente
mas
outrossim
pois
porquanto
porque
portanto
posteriormente
precipuamente
primeiramente
primordialmente
principalmente
salvo
semelhantemente
similarmente
Estação de trem em Bolonha

Dia 04 – Veneza – Centro Histórico

Fizemos todos os passeios turísticos. Vimos a praça São Marcos, a Catedral, subimos no campanário para ver a cidade do alto, etc. Escrevi um post contando sobre todos os pontos turísticos visitados.

Por do sol em Veneza
enfim
enquanto
então
entretanto
eventualmente
igualmente
inegavelmente
inesperadamente
mas
outrossim
pois
porquanto
porque
portanto
posteriormente
precipuamente
primeiramente
primordialmente
principalmente
salvo
semelhantemente
similarmente
Veneza no pôr do sol, vista do Vaporetto

Dia 05 – Burano

A chuva não tinha dado trégua, mas mesmo assim animamos a ir a Burano. Foi muito interessante e recomendo a visita. Logo depois terá um post falando sobre essa ilha.

ruas e canais de Burano
Pelas ruas de Burano
Burano vista do Vaporetto
Burano vista do Vaporetto

Dia 06 – Bienal de Arte de Veneza

Hoje mergulhamos no mundo da arte moderna. Que incrível! Veja aqui o post sobre a Bienal que tive a oportunidade de vivenciar. Depois da Bienal fomos dar uma voltinha no centro histórico para jantar.

Bienal de Artes de Veneza
Iara e a vovó na Bienal de Artes de Veneza
Piazza San Marco
Piazza San Marco com o céu quase limpo

Dia 7- Veneza: Praia do Lido e mais centro Histórico

E hoje finalmente o sol apareceu (e nunca mais foi embora!) Então curtimos a manhã num balneário italiano. Uma praia que é a sensação no verão europeu: a praia do Lido- que é o bairro onde ficamos. Aqui um outro post detalhando sobre o bairro escolhido, hotel, restaurantes e mais outro com passeios. Ficamos super bem instalados no charmoso Lido di Veneza. Eu nunca tinha ouvido falar antes de vir pra cá, e é um bairro super gostoso. Curtimos a cidade como verdadeiros Venezianos. Depois da praia voltamos ao centrinho histórico para ver a cidade no anoitecer.

Praia organizada em Veneza
Nando e Iara na organizada praia em Veneza
pelas ruas de Lido di Venezia
Nando pelas ruas do charmoso Lido di Venezia
Veneza
Gondola em Veneza ao crepúsculo

Dia 8 – ida para Verona

mapa do roteiro de trem pela Itália

Logo após o check-out, partimos de trem para Verona, onde ficamos 1 noite. Mais informações sobre nosso dia em Verona nesse outro post com dicas de hotel e lugares pra visitar.
Amei tanto a cidade que se fosse pra estudar italiano na Itália, eu cogitaria vir pra cá (mas é claro que eu me decidiria por uma cidade praiana, rs). A cidade tem muitas atrações, e apesar dela ser muito famosa por causa de Romeu e Julieta, gostei mais da área do Coliseu e o pôr do sol que vimos do castelo foi um dos mais bonitos da viagem.

Arena di Verona
Piazza Brà e Arena di Verona

Dia 9 – Milão

Era um domingo, e a cidade estava bastante animada. Estávamos com uma amiga brasileira que mora por lá, que nos acompanhou. Eu queria muito ter visitado a pintura da Última Ceia, mas como o tempo estava apertado não foi possível, mas recomendo. Breve contarei detalhes sobre o hotel escolhido, experiência gastronômica, e o Castelo e parque visitados.

Torre em Milão
Parque em Milão

Dia 10 – ida Cinque Terre Liguria

Finalmente o dia de conhecer Cinque Terre! Eu estava sonhando com esse dia e foi maravilhoso cada minuto. Riomaggiore, Manarola, Corniglia, Vernazza e Monterosso al mare são as famosas Cinque Terre (cinco terras) encravadas na costa da Ligúria. A região é muito especial, e clique aqui para ver o post sobre tudo que vivenciamos nesse paraíso, com várias informações históricas e turísticas.

Praia em Cinque Terre
Nos hospedamos em Monterosso Al Mare

Dia 11 – Cinque Terre:

Dia de passear pelas 5 Terras. Andamos de Barco e descemos em algumas das Terras. Além das “5 terras” existe também mais duas, a Portovenere e La Spezia, e acabamos visitando uma delas. Eu gostei tanto dessa parte da viagem que super toparia ficar uma noite a mais aqui. Mas é como eu disse, eu não tinha dias a mais, e não podia tirar outro dia de outra cidade.

Riomaggiore vista do mar
Riomaggiore vista do mar da Liguria

Dia 12 – Pisa

Passamos por Pisa e AMEI – o que é de se surpreender, porque achei que a cidade seria muito lotada, com passeio “pega-turista”, e não foi nada disso, pois almoçamos numa parte da cidade que parecia que não tinha turista, apenas os locais. Aqui no blog terá um post sobre essa nossa visita, e nosso transporte.

Torre de Pisa
Nando e Iara na Praça dos Milagres em Pisa

Dia 13 –Florença

Aqui dormimos 3 noites. Breve incluirei informações sobre nosso hotel em Florença e passeios pela cidade. Que cidade cosmopolita, gente! Aqui já contei um pouco do nosso primeiro dia por lá.

Duome em Florença
Nós três no Duomo de Florença ❤️

Dia 14– Dia livre por Florença

Nesse dia ficamos pela cidade tomando sorvete e passeando, e aproveitamos também para fazer algumas compras. Fomos a um shopping bem afastado do centro histórico (então era lugar de compras de italiano, mesmo). Depois vou postar sobre esse dia que foi ótimo também. Com dicas do que comprar e locais.

Iara na loja de maquiagens
Iara escolhendo suas compras.

Dia 15- Caça as Trufas nas Colinas na Toscana

Nesse dia alugamos um carro e viemos viver uma autêntica experiência nos campos da Toscana! Fiquei fascinada por esse passeio desde a primeira vez que ouvi os relatos! E foi maravilhoso. Que lugar bucólico, que momentos inesquecíveis que a gente teve. Aí depois do passeio aproveitamos um pouquinho mais de Florença e vimos a cidade do alto e assistimos a uma missa em latim, e foi inesquecível também. Aqui você confere os relatos do passeio com a caça às trufas na Toscana.

Família no vinhedo
No vinhedo, indo caçar trufas
Final de tarde em Florença
Final da tarde em Florença

Dia 16- Um pouco mais da Toscana

mapa do roteiro de carro pela Toscana

Já que estávamos de carro, a gente conseguiu rodar pelas estradinhas lindas da Toscana. Como eu amei essa parte da viagem! E repito que é muita Itália pra poucas férias. Cada cidadezinha medieval da Toscana é maravilhosa e super Imperdível, então você precisa fazer escolhas, e é claro, que nessa parte da viagem eu incluiria mais alguns dias. Nesse post eu digo o que eu fiz, o que eu deixei de fazer, o que tem que fazer, e as estradas que pegamos. Nesse dia dormimos em Siena.

Mãe e filha nas colinas da Toscana
Pelas estradas da Toscana com a cidade de Pienza ao fundo
Pai e Filha nos campos da Toscana
Campos da Toscana

Dia 17– Siena e San Gimniano

De manhã ficamos em Siena, demos uma voltinha pela praça principal e subimos na torre. Aqui eu conto mais desse passeio pela cidade e do nosso hotel. Aí depois do check-out fomos pra San Gimniano. Que cidade maravilhosa e simpática. Aqui também eu queria ter dormido uma noite (quem sabe na minha segunda volta ao mundo!?) então almoçamos aqui e estava tendo uma feira medieval. Passeamos pelo centrinho e lá pela 16 horas rumamos em direção ao aeroporto que já era hora de voltar para o Brasil. Fim da viagem! Gostaram? E aí, gente? O que vocês mudariam nesse roteiro?

Siena à noite
Siena à noite
Ruela de San Giminiano
Entrando em San Gimniano