Monte Verde tem fama de ser um dos lugares mais aconchegantes do Brasil. Foto da Wikipedia

Você sabia que existe um lugarzinho em Minas Gerais que é um excelente destino de inverno? Veja aqui como chegar, algumas atrações, onde comer e onde ficar em Monte Verde, MG.

Monte Verde foi fundada pelos pioneiros, Sr. Verner Grinberg (falecido em 13/08/2006 aos 96 anos de idade) e pela sua esposa dona Emília. O sobrenome da família deu o nome ao local: “grin”, verde, e “berg”, monte. Combinou demais com a paisagem, né?

A família Grinberg chegou ao Brasil em 1.913, (pre 1ª guerra mundial) eles vieram da Letônia. Ou seja, Monte Verde é uma colônia letã no Brasil (não sei se é a primeira ou a única).

Onde fica esse incrível destino de inverno?

Monte Verde é um distrito do município de Camanducaia, no estado de Minas Gerais, na divisa com São Paulo. Ou seja, nem cidade esse lugarzinho fofo é! No último Censo do IBGE ele tinha cerca de 4.100 habitantes.

Veja aqui algumas Cidades pitorescas pelo mundo

Monte Verde com crianças: É possível?

Apesar de Monte Verde ser um destino de primeira grandeza para casais (alô dia dos namorados!), viajar para Monte Verde com crianças é também muito recomendado.

O pôr do sol em Monte Verde, em Família, dispensa legenda! Foto: Lavínia Mazzini

Dessa forma, convidei os queridos primos Lavínia e Alexandre para contar um pouco sobre esse destino. Eles, que também já viajaram pra cá 2 vezes, possuem informações sobre Monte Verde tanto com crianças, quanto para casais. Definitivamente o lugar possui muitas atrações para o público infantil, e destaco alguma delas aqui:

  • Patinação no Gelo
  • Passeios de Quadriciclo e bicicleta;
  • Arvorismo e tirolesa;
  • Trilhas para caminhadas e mirantes;
  • Observação de fauna e flora
  • Cachoeiras
  • Comer chocolates e fondue
  • Atividades no hotel/resort
  • Espaço Adélia
  • Parque Oschin
  • Escola de Falcoaria;
Monte Verde com crianças: O Parque Oschin possui uma enorme área verde, e através de uma leve caminhada pode-se observar pássaros, nascentes, exuberante fauna e flora, mega Playground, grutas e muito mais. Foto: Lavínia Mazzini
Escola de Falcoaria. Foto: Lavínia Mazzini

Por quê viajar para cá?

Monte Verde está a 1.555 metros de altitude e possui um clima gostoso e frio. O destino é muito procurado por casais em lua de mel e também famílias que querem desfrutar das incríveis paisagens da Serra da Mantiqueira. O local possui trilhas na natureza onde você consegue avistar do alto tanto as montanhas em Minas Gerais, quanto as serras de São Paulo.

Eu já viajei pra cá 2 vezes, e da última vez passei minha “Early Moon” aqui. Já ouviu falar nessa expressão?

É tipo uma lua de mel antes do casamento. Viajamos pra Monte Verde assim que assinamos o documento de União Estável (6 meses antes do casamento oficial).

Dias românticos em Monte Verde-MG. O destino é referência em viagem de casal e no inverno. Fazendo a Trilha da Pedra Partida.

Isso quer dizer que, em minha lua de mel real/oficial, aquela que eu tive direito logo depois do meu casamento no civil, fiz uma Curry Moon, pois eu viajei pra Índia e para o Nepal.

Nesse blog tem de tudo: Early Moon, Honey Moon, Curry Moon e até Babymoon – um guia pra viajar grávida. Rsrs

Como chegar:

Para chegar a Monte Verde é bem simples. Se você vier de São Paulo Capital, você pega a Rodovia Presidente Dutra (BR-116), sentido Guarulhos. Aí no km 13 (2 km antes da entrada de Guarulhos), entre na Rodovia Fernão Dias e “vai toda vida” (cerca de 120 km) até Camanducaia. Na entrada 918 saia da Fernão Dias para entrar na cidade e é só seguir as plaquinhas de sinalização para Monte Verde (são mais 30 km de estrada asfaltada até a vilinha). De SP capital é um pulo: são pouco mais de 160 km, 2 horinhas e meia de viagem);

Se você estiver vindo do Rio de Janeiro, você virá pela Via Dutra, sentido São Paulo até a cidade de Jacareí (km 169), e vai entrar na Rodovia D. Pedro I (SP-065) até a altura de Atibaia e entrar logo à direita na Fernão Dias. Um trajeto alternativo também é ir pela Via Dutra até a cidade de Lorena (km 51) e entrar na BR-459, até chegar a Fernão Dias. Apesar de mais curto, muita gente acredita que não compensa porque essa BR- 459 não está bem conservada. Do Rio de Janeiro até Monte Verde são cerca de 7 horas (530 km).

Essa estrada aqui é indo de São José dos Campos- SP até Monte Verde. Totalmente off road. Foto: Turismo de Primeira

Se você estiver vindo de Belo Horizonte, está distante cerca de 480 km de Monte Verde, (aproximadamente 6 horas e 30 minutos de viagem).

Siga pela Fernão Dias (BR-381) por pouco mais de 440 km até Camanducaia. Já na cidade, acompanhe a sinalização rumo ao distrito de Monte Verde, por mais 30 km.

Importante dizer que muitos trechos da estrada de Camanducaia até Monte Verde possui trechos com paisagens bem bonitas, portanto vá aproveitando a viagem.

Interessante que Monte Verde MG faz divisa com São Francisco Xavier, que é distrito de São José dos Campos, SP. A estrada é muito bonita e se você tiver um veículo 4×4 e disposição para a aventura recomendo fazer esse trajeto.

O aeroporto mais próximo é o Aeroporto Internacional de Guarulhos, localizado a 77 km.

Não encontrou a cidade que você estava procurando para chegar até Monte Verde MG? Veja aqui: Todos os detalhes para você chegar em Monte Verde: mapas, distâncias, horários de ônibus e os melhores caminhos.

Alugue seu carro por aqui

Quantos dias ficar em Monte Verde

Eu particularmente acredito que para você aproveitar Monte Verde o ideal seria 3 noites por aqui. É claro, que se você tiver mais tempo, como um feriado prolongado, ou uma semana seria o ideal para descansar, fazer as atividades e conhecer os diversos restaurantes.

enfim
enquanto
então
entretanto
eventualmente
igualmente
inegavelmente
inesperadamente
mas
outrossim
pois
porquanto
porque
portanto
posteriormente
precipuamente
primeiramente
primordialmente
principalmente
salvo
semelhantemente
similarmente
Fazendo trilha para o Platô – Monte Verde

Quando ir a Monte Verde? Um verdadeiro destino de inverno

Eu visitei Monte Verde uma vez em julho (no festival de inverno) e a segunda vez em Agosto. Apesar de ter ido sempre no inverno, esse é um destino como Canela e Gramado, que pode ser visitada durante o ano todo.

O que fazer em Canela e Gramado, Serra Gaúcha: Dicas de turismo

Monte Verde no inverno:

É realmente um excelente período para você aproveitar a Serra da Mantiqueira. Como eu disse anteriormente, por aqui também existe um saboroso Festival de Inverno, que ocorre durante os finais de semana do mês de julho e combina diversas atrações musicais, culturais em vários lugares espalhados pela vila.

No inverno em Monte Verde você vai encontrar dias lindos, friozinho gostoso (com médias mínimas de 9 graus e médias máximas de 20 graus).

A grande diferença entre o outono e o inverno são os preços. Como Monte Verde é um destino de inverno bastante procurado, se prepare para pegar preços mais caros, principalmente em relação as hospedagens.

enfim
enquanto
então
entretanto
eventualmente
igualmente
inegavelmente
inesperadamente
mas
outrossim
pois
porquanto
porque
portanto
posteriormente
precipuamente
primeiramente
primordialmente
principalmente
salvo
semelhantemente
similarmente
O que fazer em Monte Verde
No centrinho de Monte Verde depois que chegamos das trilhas. Sempre é bom ter um casaco à mão.

É importante você saber que Monte Verde possui temperaturas beeem frescas durante o ano todo (até em janeiro, quando faz calor em boa parte do Brasil).

Veja aqui outro destino incrível na Serra da Mantiqueira: O que fazer em Campos do Jordão: A Suíça ou Alemanha brasileira?

O Outono em Monte Verde pode ser a melhor opção:

os preços estão mais baixos (pois não é alta temporada), e é considerado um dos períodos bem secos também. Dessa forma, você vai ter mais facilidade em encontrar onde ficar em Monte Verde por um melhor preço.

Monte Verde no Verão:

A grande desvantagem de se viajar para Monte Verde no verão, do mês de dezembro ao mês de março, é porque a probabilidade de chuvas é muito grande. Não é nem por causa das altas temperaturas, pois as médias máximas durante o verão não chega nem a 25ºC, só que as chuvas podem sim atrapalhar as trilhas no meio da natureza. A última vez que a Lavínia veio com a família foi em março. Ela disse que adorou, não choveu e fez menos frio que da primeira vez, quando veio em junho.

Já durante a primavera:

de setembro a dezembro, costuma ser um pouco melhor do que o verão em relação à chuva, porém, ainda chove. Se você, durante as viagens, não gosta de sequer cogitar um pingo de chuva (como eu), melhor se programar direitinho pensando nisso.

enfim
enquanto
então
entretanto
eventualmente
igualmente
inegavelmente
inesperadamente
mas
outrossim
pois
porquanto
porque
portanto
posteriormente
precipuamente
primeiramente
primordialmente
principalmente
salvo
semelhantemente
similarmente
O que fazer em Monte Verde
Mês de março, final do verão Monte Verde ainda tem algumas Hortênsias típicas da região de Serra. Foto: Lavínia Mazzini

Mesmo no verão leve seu casaco para as noites e para as manhãs.

Quando eu fui a Monte Verde vi uma plaquinha dizendo que Monte Verde é mais fria do que Campos do Jordão, no entanto, como Monte Verde não é cidade mas um distrito, o título de cidade mais fria do Brasil fica com Campos do Jordão. 🙂

Como circular por Monte Verde:

A melhor forma de se deslocar pelo centrinho da vila é caminhando mesmo (a mesma dica que eu dei sobre Penedo). Aos finais de semana da alta temporada é um pouco complicado encontrar estacionamento. Há estacionamentos pagos no centro do distrito, em especial ao longo da avenida Monte Verde (que é a avenida principal).

Para fazer os passeios mais distantes do centrinho, estar de carro é realmente muito indicado.

Veja aqui: O que fazer em Penedo-RJ

Onde ficar em Monte Verde:

O distrito de Monte Verde possui muitas opções: São resorts, pousadas, hotéis familiares, hotéis charmosos, casas de temporadas e até camping, com diferentes tipos de preços também.

Onde ficar em Monte Verde- MG. A vila dispõe de inúmeras opções de hospedagens para todos os bolsos.

Uma coisa importante que a Lavínia destacou aqui foi que muitos hotéis que ela pesquisou não aceitavam crianças. Ou seja, como eu disse no início do texto, o clima de honeymoon está por todos os lados por aqui.

Onde ficar em Monte Verde: Durante a minha Early Moon ficamos hospedados na charmosa ALIVE Eco Hut Pousada:

É uma hospedagem muito elegante com poucos quartos super aconchegantes, um lounge com 500m² e um deck debruçado na natureza.

A decoração é incrível, com o tema sobre montanhismo, Nepal e Everest (acho que os donos fazem ou fizeram trilhas por lá). Você sabia que Huts ou refúgios são abrigos para montanhistas espalhados pelos Alpes, Himalaia e cordilheiras do mundo todo, servindo para hospedar aventureiros durante suas expedições?

O ALIVE ECO HUT possui dois proprietários que se conheceram no exterior durante suas aventuras pelo mundo. Eles possuem grande experiência em Expedições e colocaram boa parte dessa história na decoração da pousada, com fotos e objetos de montanhismo e lembranças de vários destinos incríveis pelo mundo.

A pousada é considerada ecologicamente correta, e possui uma arquitetura patagônica, e no ano de 2021 foi completamente reformada. Na área externa possui deliciosas espreguiçadeiras de frente para um maravilhoso pôr do sol, com bonita vista para a floresta.

No nosso quarto tinha banheira de hidromassagem e a pousada possui lareira, gostoso café da manhã, internet e estacionamento gratuito. À noite, aproveitávamos o clima alpino saboreando um bom vinho.

Importante dizer que a pousada está bem no coração da montanha, e localiza-se a cerca de 5km do centrinho de Monte Verde. Fica bem próxima a atividades como a fazenda radical e Escola de Falcoaria, tudo isso na calmaria da floresta. Com certeza foi uma das pousadas mais pitorescas que já fiquei na vida.

Atenção à linda decoração temática sobre Montanhismo:

Interessante que assim que eu cheguei lá e me deparei com a linda decoração temática sobre Montanhismo e Nepal, associei na hora que estava com a minha passagem para o Nepal já comprada (que foi a minha lua de mel de verdade). Achei bem auspicioso. O ambiente é realmente muito romântico, charmoso e alternativo. Não aceita crianças nem adolescentes, não tem TV no quarto nem frigobar (pelo menos no nosso não tinha).

Veja aqui outra sugestão de hotel nesse naipe: romântico e glamouroso em Monte Verde:

Pousada SPA Mirante da Colyna:

Essa pousada foi dica dos amigos do Instagram Carpediando na Viagem. Eles ficaram num chalé incrível, quartos espaçosos, com lareira, cama confortável, limpeza impecável e uma banheira de hidromassagem com uma vista estonteante para a floresta. Além disso o hotel ainda possui piscina coberta e aquecida, quadra de tênis, trilha na natureza, e outras coisas para deixar sua hospedagem ainda mais perfeita.

Pousada SPA Mirante da Colyna: Foto da Booking

A pousada SPA Mirante da Colyna faz parte da Associação “Roteiros de Charme” (grupo onde alguns dos melhores hotéis do Brasil fazem parte).

Quando fomos pra Rota Ecológica de Alagoas nos hospedamos em uma Pousada da “Associação Roteiros de Charme”, veja aqui.

Kuriuwa Hotel (não aceita crianças);

Pousada Carícia do Vento (aceita crianças)

Sugestão de Hotel no centrinho de Monte Verde:

A primeira vez que fui pra Monte Verde fiquei hospedada na Pousada Suíça Mineira.

Localizada numa avenida a 500 metros do centro de Monte Verde possui suítes com lareira ou aquecedor, banheira de hidromassagem, Wi-Fi gratuito, TV e frigobar.

O bom daqui é estar bem perto de bares, restaurantes e lojinhas. Os quartos ainda possuem tratamento antialérgicos e o hotel possui sauna, academia, salão de jogos, piscina aquecida, e gostoso café da manhã.

Fotos: @gibeaamaro e a do canto inferior esquerdo retirado da Booking.

Você pode pedir (com antecedência) dietas veganas. Essa pousada aceita crianças.

Onde ficar em Monte Verde: Roots Spa Resort – Sugestão da Lavínia

O Roots Resort está muito bem localizado no centrinho, a 200 metros do shopping center Oak Plaza e também o shopping center Inverness Mall. O resort dispõe de piscina, cabana na árvore, barquinhos e pedalinhos no lago e uma linda área verde. Possui WiFi gratuito e todos os quartos possuem TV de tela plana, e alguns possuem vista para o lago ou para o jardim. O resort possui estacionamento privativo e gratuito no local.

Roots Spa Resort– Foto: Lavínia Mazzini

A família da Lavínia aproveitou gratuitamente as bicicletas cedidas pelo Resort, pois o entorno é excelente para fazer tanto ciclismo quanto trilhas a pé.

A Lavínia disse também que ao hospedar-se no Roots Resort sentiu-se numa casa em condomínio fechado. Ou seja, apesar de estar super bem localizado no coração de Monte Verde, a apenas algumas quadras das lojinhas e dos restaurantes, a calma e tranquilidade imperam por aqui.

Viaje Com crianças: Roots Spa Resort – Foto: Lavínia Mazzini


Alguns quartos do Roots Resort são praticamente uma residência completa. A decoração da propriedade é charmosíssima, muito elegante mesmo.
O café da manhã conta com uma variedade de produtos que me deu água na boca quando ela relatou.

Importante destacar que o Resort só aceita crianças acima de 5 anos.

Hospedagem no centrinho em Chalés ou casas de temporadas:

Chalé em Monte Verde. Foto: Lavínia Mazzini

Como foi dito anteriormente muitas hospedagens não aceitam crianças em função de ser um destino para casais em lua de mel. Dessa forma, uma saída para famílias com crianças (e também grupos de amigos) são os chalés para temporada.

Fotos: Lavínia Mazzini

Onde ficar em Monte Verde: Hospedagens Pet Friendly

Uma coisa que eu percebi ao fazer esse texto é que muitos turistas procuram hospedagens que aceitem bichos de estimação. E nem todos os hotéis aceitam animais de estimação. Caso queira levar o seu pet, consulte antes.

Veja aqui algumas sugestões de hotéis Pet Friendly em Monte Verde.

Pousada Bem-te-Vi bem no centrinho.

Chalés Monte Verde, (perto do centro);

Pousada Florada da Serra

Chalés Aroma da Serra.

Onde comer em Monte Verde?

Além de ser um destino de inverno, também é um destino gastronômico. Ou seja, o povo vem aqui pra descansar e comer. Kkkk

O fondue é o carro chefe. Um restaurante que eu sempre vou é o Fritz que é uma cervejaria artesanal. Um que eu e a Lavínia recomendamos é o famoso Mont vert – a casa do fondue (esse é bom fazer reserva com antecedência, porque é bem disputado).

Existem outros muito bons também: Villa Donna Bistro; Piccolo Osteria Cucina e Vinho (dica da Lavínia), Casa da Pizza, Portale di Napoli, Villa Amarela, e o Rancho da Picanha.

Lugares para comer bem e beber em Monte Verde é que não faltam.

Dicas precisosa da Lavínia:

Manduca Embutidos Artesanais: Ótimo lugar pra passar antes de ir embora e comprar algumas guloseimas como joelho de porco, torresmo, presuntos, linguiça, Bacon, queijos, quase tudo aqui é feito de modo bem artesanal.

Manduca embutidos Artesanais. Rua do Selado 600- Monte Verde-MG. Fotos: Lavínia Mazzini

Strudel Haus: funciona um ateliê de pintura em azulejos e lá é fabricado um delicioso strudel caseiro.

Fotos: Lavínia Mazzini

Planeje sua viagem pelos links do blog. Sabia que você não paga nada a mais por isso, e ajuda o blog a se manter. 🙂

Veja outros destinos de inveno:

Norma – Guaramiranga, destino de inverno no Ceará

Moises- Pai na Tailandia um destino lindo até no inverno.
Van – Enquanto Elas Crescem – Airbnb em Campos do Jordão Nossa Experiência
Nathalia – abcdosviajantes – Dois alpes incríveis para você conhecer no inverno
Viaje24h – Cânions catarinenses no inverno: Como é acampar no Cânion do Funil 
Viajando com a Cintia – Destinos de Inverno
Flor na Cabeça – O que fazer em Curitiba: 13 dicas de passeios para o frio