O Rio de Janeiro é uma cidade linda, com ótimas pessoas, comida incrível e lugares paradisíacos. No entanto, para viver aqui e desfrutar das grandes coisas que o estado tem a oferecer, você vai precisar de algum dinheiro. Traz à tona a questão: quanto dinheiro você precisa para viver confortavelmente aqui e quanto custa morar no Rio de Janeiro?

Importante: Se você precisa comprar Euros ou Dólares para uma viagem ao exterior, você tem que conhecer a Wise!
Eu viajo muito e as melhores taxas de câmbio encontro sempre na Wise. Sem falar no cartão VISA deles que pode ser solicitado gratuitamente e utilizado no exterior debitando direto da sua conta Wise internacional sem tarifas ocultas nem IOF, com praticidade e segurança.
Entre para a Wise é gratuito.

Leia também: Turismo no Rio de Janeiro: A cidade mais famosa do Brasil continua de braços abertos para te receber

Quanto custa morar no Rio de Janeiro: Veja o  custo de vida da capital fluminense

As pessoas que pretendem viver no Rio de Janeiro geralmente estão procurando as mesmas coisas: segurança, experiências de vida diferentes, um novo emprego e contato com a natureza. Em ambos os casos, no Rio, você pode encontrar tudo isso.

Confortável não é luxuoso

Para manter suas expectativas alinhadas com a realidade, é importante notar que uma vida confortável é diferente de uma vida luxuosa. Por confortável, esta pesquisa significa viver bem em um lugar que se encaixa no seu estilo de vida e no seu orçamento.

Partiremos do equilíbrio perfeito entre conforto, qualidade de vida e renda média, esses são alguns dos fatores que influenciam na hora de busca por apartamentos na planta no Rio de Janeiro.

Por exemplo, se você é solteiro, você absolutamente não precisa de uma cobertura à beira-mar com 7 quartos para ter uma vida confortável. De outra forma, você tem que ser louco para assumir que uma família de 4 pessoas vai morar em um estúdio e considerá-lo confortável. Usaremos o senso comum.

Vivendo no Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro é a cidade brasileira mais famosa e o segundo lugar mais caro para se viver no Brasil. O Rio é um verdadeiro paraíso na Costa Leste do Brasil pelas águas do Oceano Atlântico.

A cidade é cheia de cultura, excelente comida e opções de entretenimento. No entanto, nos últimos anos, os problemas com a segurança cresceram rapidamente e isso é uma grande preocupação para muitas pessoas.

Abaixo trataremos alguns pontos a serem considerados como possíveis custos que tomaram conta do seu orçamento.

Comunicação

O custo é médio para diversos custos de comunicação, como aluguel de telefone residencial, assinatura de internet, tarifa do provedor de serviços móveis e custos de dados é relativamente barato.

Há grande diversidade de oferta desses serviços, e os valores não divergem muito da média do país.

Vestuário

Embora a cidade seja protagonista de grandes grifes e de uma variedade de lojas de roupas.

O Rio oferece opções um tanto democráticas quanto seus produtos, é possível encontrar produtos de beleza e vestuário a custo baixo, gerando assim mais poder de compra.

Educação

O investimento com a educação é extremamente variável. A cidade oferta às escolas particulares mais tradicionais do país, o que lhe custaria grande investimento, como também as instituições de gerenciamento público, ou seja, sem custo de mensalidades.

Alimentação

A cidade oferece grande variedade para o abastecimento de seus armários. Para quem deseja manter um padrão de vida mais avantajado, o Rio oferta mercados requintados com todo tipo de variedade que lhe vier à mente.

Mas, se você busca pelo tradicional, é possível fazer economia comprando frutas e outros vegetais frescos nas feiras e outros mercados – tradicionais e alternativos- o custo é médio para itens de consumo básico, como produtos de limpeza, laticínios, frutas frescas e legumes, produtos alimentícios gerais, lanches, refrigerantes.

Saúde

Graças ao SUS, a saúde no Rio de Janeiro é uma possibilidade sem um custo direto. Mas, depender somente desse sistema muitas vezes implica uma demora impossível ou recursos muito limitados, o que acaba recaindo em alternativas de contratação de planos.

O custo não é alto para cuidados gerais de saúde, consultas médicas, internações hospitalares, medicamentos sem prescrição médica e seguro médico.

Moradia

Seguindo a linha democrática de custos, o Rio de Janeiro oferece apartamentos à beira mar com valores exorbitantes, mas existem outras regiões que vale a pena considerar.

Um fato interessante a se considerar é a locomoção, pois é possível manter um custo mais baixo morando na periferia e tendo acesso fácil a entretenimento, eventos e praia.

Já, quem busca investir em regiões mais seguras e próximas ao centro da cidade, terão que investir um valor mais acentuado.

Recreação e Cultura

Como citamos agora a pouco, é possível transitar facilmente pela cidade para acessar eventos e outras recreações, o que assegura um custo relativamente baixo quando se trata do lazer tradicional. O custo é médio para itens como livros, cinema, esportes e ingressos de teatro.

Neste ponto, as favelas se destacam pelos tão famosos Bailes, que dominam as letras dos funks cariocas, o que além de atrair turistas para as favelas, garante que a periferia tenha seu lazer no quintal de casa.

Morar no Rio de Janeiro pode parecer um sonho muito caro para muitos que vivem de referências das telenovelas e filmes passadas nos calçadões de Copacabana. Mas a cidade maravilhosa oferece muito mais possibilidades que somente luxo.

É possível manter uma vida confortável no Rio de Janeiro sem que isso te custe valores exorbitantes, basta buscar pela região que melhor se adequa às suas pretensões.

Quanto custa morar no Rio de Janeiro? Pretende conhecer o Rio antes de se decidir? Leia esses posts:

Vai para o Rio de Janeiro? Veja mais:

1- Lugares para comemorar aniversário no Rio de Janeiro RJ;

2- Gírias cariocas e seus significados em 2022

3- Vale a pena fazer compras na CADEG, Benfica, Rio de Janeiro, RJ? Veja também Onde fica, Como Chegar e o que fazer

4- Guia de compras no SAARA RJ: Vale a pena fazer compras nas lojas do centro do Rio de Janeiro?

5- Vale a pena visitar a Ilha de Paquetá, no Rio de Janeiro, RJ? Veja o que fazer, onde comer, hotéis e pousadas

6- As 20 melhores praias do Rio de Janeiro

7- 17 dicas de lugares para piquenique no Rio de Janeiro RJ

8- Restaurantes românticos no Rio de Janeiro: 26 lugares para jantar

9- Onde tomar café da manhã no Rio de Janeiro? Dicas de 20 lugares incríveis na cidade maravilhosa

10-Parque da Cidade ou Parque da Gávea no Rio de Janeiro

Conclusão: Vale a pena morar no Rio de Janeiro?

Essa é uma pergunta extremamente individual. O meu sonho desde criança era morar aqui. A cidade é linda, seus moradores são legais e o clima da cidade é maravilhoso. Mas não é uma cidade barata. Portanto tudo isso deve ser levado em conta.

Você já se mudou para o Rio? Gostou? Escreva nos comentários.